www.gutembergmoura.com.br

14/04/2009 - 17:47

Câmara discutirá crise na fruticultura numa audiência pública, em maio

Os vereadores estão preocupados com os efeitos da demissão de 1.500 trabalhadores da fruticultora Nolem. Por iniciativa do vereador Claudionor dos Santos, a Câmara Municipal vai realizar uma audiência pública para discutir a extensão da crise econômica instalada na fruticultura do Município.

A audiência pública, definida na sessão desta terça-feira, 14. A reunião discutirá o impacto da crise na fruticultura sobre outros setores econômicos de Mossoró e região, como petróleo, sal, construção civil, entre outros. A ideia do Legislativo é discutir a crise e apontar alternativas para combater seus efeitos.

A crise evidenciada pela demissão de trabalhadores da Nolem afeta outras empresas do setor. A fazenda Santa Júlia, de propriedade do atual secretário de Desenvolvimento Econômico, Segundo Paula, também estaria enfrentando problemas por causa da crise financeira internacional.

Definitivamente, o tempo "fechou" para a nossa fruticultura.


Imprimir esta matéria