www.gutembergmoura.com.br

03/02/2021 - 19:21

Anvisa muda regra que dificultava uso emergencial da Sputnik V contra Covid

São Paulo/Brasília - A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) anunciou nesta quarta-feira (3) a flexibilização de uma das principais exigências que dificultava o pedido de uso emergencial de novas vacinas contra covid-19 no país: a realização de testes clínicos de fase 3 no Brasil.

Até então, apenas Oxford/AstraZeneca e CoronaVac conseguiram essa modalidade de liberação por terem estudos conduzidos no país. Pfizer/BioNTech e Janssen (Johnson & Johnson) também estão aptas, mas não entraram com o pedido até hoje.

A atualização das diretrizes da Anvisa abre caminho para vários fabricantes de vacinas pedirem a autorização. Mas a possível beneficiada neste primeiro momento deve ser a vacina russa Sputnik V. (Mais informações acesse: https://noticias.r7.com).

Imprimir esta matéria