www.gutembergmoura.com.br

18/06/2020 - 19:05

Weintraub deixa Ministério da Educação após polêmicas com Supremo Federal

Economista deixa pasta com gestão marcada por críticas, polêmicas nas redes sociais e ataques a membros do Supremo Tribunal Federal

(Brasília- Agência Brasil) - Abraham Weintraub deixou o cargo de ministro da Educação. O anúncio foi feito por ele em rede social nesta quinta-feira (18) após reunião com o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

"Agradeço a todos de coração, em especial ao presidente Jair Bolsonaro, o melhor presidente do Brasil", escreveu Weintraub em sua conta no Twitter.

Weintraub deve ir para o Banco Mundial, em Washington (Estados Unidos) - o Brasil é o maior acionista e, por isso, tem a prerrogativa de indicar o diretor da área.

A trajetória de Weintraub à frente da pasta acumulava desgastes por conta de declarações polêmicas. No último domingo (14), ao participar de uma manifestação em Brasília, ele voltou a atacar o STF (Supremo Tribunal Federal). Desde então, a troca no MEC (Ministério da Educação) já era dada como certa.

Imprimir esta matéria