www.gutembergmoura.com.br

09/05/2020 - 12:35

Fluxo em ônibus cai 92% em Mossoró

Queda se refere ao mês de abril. E especialista defende subsídio para evitar colapso 

A pandemia de covid-19 continua severa também no transporte coletivo. Em Mossoró, o total de passageiros despencou 92,31% no mês passado, ante abril de 2019. Caiu de 223.782 para 17.123. Já a média diária desabou de 7.460 para 570 pessoas. Dessas, quase a metade (42%) usufrui de gratuidade (idoso, estudante e pessoa com deficiência).

O cenário só agrava a crise econômica do setor, o que requer ação urgente para evitar o colapso. A avaliação é do professor Eric Amaral, da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), doutor em Engenharia de Transportes pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

O especialista observa que a redução da mobilidade, decretada pelos governos sem contrapartida, afetou quase de morte as empresas de ônibus nas cidades brasileiras.

“O equilíbrio econômico-financeiro, estabelecido em contrato entre prefeituras e empresas de ônibus, foi severamente afetado, e medidas emergenciais para promover o retorno desse equilíbrio devem ser tomadas, imediatamente”, defende.

Imprimir esta matéria