www.gutembergmoura.com.br

10/07/2019 - 00:47

Reintegração judicial de área de parque é “legado” do ex-prefeito Silveira Júnior

A temerária gestão do ex-prefeito Silveira Júnior terminou há dois e meio, mas nem por isso a cidade de Mossoró se viu livre de suas peripécias administrativas. Marcado por polêmicas e ações questionáveis, inclusive judicialmente, o mandato ex-prefeito deixou o rastro de “estragos” pra trás.

O mais recente deles, é o caso da decisão judicial, que embarga parte da área do Parque Municipal Professor Maurício de Oliveira, implantado às pressas por Silveira Júnior, à toque de caixa, sem as preocupações legais quanto a ocupação do terreno. O resultado, ruim para Mossoró, ver-se hoje.

E mais que isso... as consequências, negativas, ficaram para a atual administração resolver. 

Daí, a Prefeitura Municipal ter divulgado, em comunicado, explicações sobre o impasse, na qual destaca:

1) A Prefeitura de Mossoró informa que o Parque Municipal Maurício de Oliveira segue em funcionamento normal.

2) O Município esclarece que o questionamento de propriedade privada corresponde a uma área de 1,2 hectare, que integra um pequeno trecho dentro da área total de quase 8 hectares (trecho este  incluído no projeto do parque pelo ex-prefeito Silveira Júnior).
3) Sobre o mandado de reintegração de posse do trecho, expedido pela Justiça, a Prefeitura ratifica que busca os meios jurídicos cabíveis para garantir o pleno funcionamento do equipamento e a preservação do espaço como bem público de fundamental importância para a população.

Imprimir esta matéria