www.gutembergmoura.com.br

12/04/2019 - 19:45

Para Sebrae, 66.9% dos empresários da região Nordeste esperam faturar mais

Levantamento do Sebrae avalia otimismo dos donos de pequenos negócios em relação à economia brasileira e as perspectivas de novas contratações e de faturamento

Natal – Os proprietários de micro e pequenas empresas do Nordeste estão otimistas quanto aos rumos da economia do país e também dos negócios para os próximos meses.  De acordo com a Sondagem Conjuntural, a primeira de 2019 feita pelo Sebrae, 66,9% dos empresários do Nordeste acreditam que o faturamento da empresa vai aumentar nos próximos 12 meses. A pesquisa ouviu, entre fevereiro e março, quase 3 mil empreendedores de pequeno porte, sendo 574 somente no Nordeste brasileiro, para compor o Índice de Confiança dos Pequenos Negócios do país.

O levantamento revela que 22,8% desses empresários da região estimam que as receitas totais da empresa não deverá ter alterações daqui para frente. Já 7,3% acham que o faturamento deverá cair nos próximos meses e 3,1% não sabem o que pode acontecer. Mesmo com a maioria do empresariado nordestino estando otimista em relação ao aumento das receitas, o percentual é o menor entre todas as outras regiões, cujo topo do ranking ficou com os empreendedores da região Norte, onde o 93,1% acreditam que vão faturar mais.

O estudo feito pelo Sebrae Nacional também verificou a percepção dos empresários nordestinos acerca de um item que influencia diretamente na economia: a possibilidade de novas contratações e demissões. Segundo a Sondagem Conjuntural, 26,7% dos empresários nordestinos acham que vão contratar funcionários nos próximos meses. Outros 25,8% não pretendem nem contratar nem demitir e outros 23,9% já pensam que vão demitir. De acordo com a pesquisa do Sebrae, 5,1% pretendem substituir funcionários. 17,4% não possuem funcionários e 1,1% não sabem.

Imprimir esta matéria