www.gutembergmoura.com.br

24/10/2018 - 13:35

“#suásticafake” levará Polícia do RS a indiciar jovem por “falso testemunho”

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul concluiu que os cortes em forma de suástica feitos em uma jovem que disse ter sido atacada na rua, há duas semanas, em Porto Alegre, é um caso de “autolesão”, registra o Estadão.

“Segundo o delegado Paulo Sérgio Jardim, há indícios de automutilação ou de que tenham sido feitos de forma consentida. A jovem será indiciada por falso testemunho. 

(Mas podemos chamar de #FakeTestemunho sobre a #SuásticaFake.)

De acordo com o laudo técnico da Polícia Civil, “pode se afirmar com convicção que as lesões produzidas na vítima não são compatíveis com as que seriam esperadas, na hipótese de ter havido efetiva resistência da parte dela à ação de um agente agressor”.

As lesões só são compatíveis com a propaganda de Fernando Haddad.

Imprimir esta matéria