www.gutembergmoura.com.br

09/10/2018 - 20:39

Em ritmo lento, deputados voltam à Câmara após eleições de 7 de outubro

Brasília - O plenário da Câmara dos Deputados nesta terça-feira (9) foi marcado pelo agradecimento de parlamentares que conseguiram se reeleger no último domingo (7). Ainda em ritmo lento e baixo quórum após 35 dias de recesso branco em virtude das eleições, o dia foi marcado por costuras políticas para o apoio no segundo turno das eleições presidenciais.  

A sessão foi encerrada antes da análise dos projetos previstos, como o projeto de lei que permite o controle do capital estrangeiro em empresas aéreas com sede no Brasil e a medida provisória que prevê uma linha de financiamento para as Santas Casas com recursos oriundos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O plenário da Câmara dos Deputados nesta terça-feira (9) foi marcado pelo agradecimento de parlamentares que conseguiram se reeleger no último domingo (7). Ainda em ritmo lento e baixo quórum após 35 dias de recesso branco em virtude das eleições, o dia foi marcado por costuras políticas para o apoio no segundo turno das eleições presidenciais.  

A sessão foi encerrada antes da análise dos projetos previstos, como o projeto de lei que permite o controle do capital estrangeiro em empresas aéreas com sede no Brasil e a medida provisória que prevê uma linha de financiamento para as Santas Casas com recursos oriundos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Renovação - Nestas eleições, o índice de renovação na Câmara alcançou 47,37%, segundo cálculo da Secretaria-Geral da Mesa. O levantamento apontou a eleição de 243 deputados de primeiro mandato e a reeleição de 251 deputados, de um total de 444 candidatos à reeleição. 

Segundo a secretaria, 56,5% dos deputados que se candidataram à reeleição foram reeleitos. Também foram eleitos 19 ex-deputados de legislaturas anteriores (3,7%).

Imprimir esta matéria