www.gutembergmoura.com.br

17/04/2018 - 07:17

Coluna: De POLÍTICA e NOTAS GERAIS.

Aécio na corda bamba do STF

O Supremo Federal julga hoje, se tornará o senador Aécio Neves (PSDB) réu no processo do mensalão. A Primeira Turma do STF decide se acolherá a denúncia do Ministério Público contra o senador tucano por crime de corrupção e obstrução da Justiça.

O colegiado é formado por cinco ministros: Alexandre de Moraes, Marco Aurélio de Mello, Rosa Weber, Luiz Fux e Luís Roberto Barroso. Aécio aparece numa gravação da JBS na qual pede à empresa R$ 2 milhões, o que para o MPF trata-se de “propina”.

Desgraça – Desde o episódio, o senador Aécio Neves caiu em “desgraça”. Foi afastado do mandato e viu o seu futuro político ruir. O sonho de concorrer à Presidência da República este foi por água abaixo. Hoje, Aécio poderá se complicar ainda mais.

O que se diz por aí...

Pobreza – O índice de moradores do Rio Grande do Norte vivendo na linha da pobreza absoluta alcança 11,3 % da população. Em números absolutos, são 398 mil pessoas nesta situação.  O contingente populacional sobrevive com uma renda de R$ 137,00 mensal.

Ora, ora...E é porque os governos do Partido dos Trabalhadores juram que erradicaram a pobreza do Brasil, durante os 13 anos que permaneceram no comando da Nação. Conversa fiada pra boi dormir. O que fizeram foi transformar levas pobres em miseráveis.

Câmara – A Câmara Municipal de Mossoró instala-se, amanhã, no Bairro Barrocas, precisamente na Escola Municipal Celina Guimarães. Além de Sessão Ordinária, a partir das 9h, o Projeto Câmara Cidadã levará atividades sociais aos moradores daquela área.

Bye, bye Aguapés – A barragem velha do Centro de Mossoró está sangrando. Com isso, a natureza trata de forçar a limpeza do Rio Mossoró, entre aos aguapés e ao lixo. Em alguns trechos, já é possível voltar a ser ver a água, onde antes só existia vegetação no curso do rio.

Tiro no pé – A vereadora Sandra Rosado jogou mal ao se filiar ao PSDB. Sem o mesmo capital eleitoral de antes e espremida no sistema governista, a hoje edil terá enorme dificuldades para emplacar mandato na Câmara Federal, como pretende em 2018.

‘Migué’ – O governador Robinson Faria (PSD) cumpriu agenda em Mossoró esta semana.  Na agenda dele, um “migué” do tipo “engana, que eu gosto...”: a retomada das obras de reforma do Teatro do Estado Lauro Monte Filho. Um “elefante branco” abandonado por anos pelo Estado, mas agora lembrado a toque de campanha eleitoral. Mossoró merece!!!

Caixa – A Caixa Econômica Federal ampliou o crédito imobiliário e reduziu os juros de financiamento no setor. A notícia agrava aos empresários do setor e cria a perspectiva da retomada das obras na construção civil, que andam em baixa por causa da crise.

Imprimir esta matéria