• Blog
  • Perfil
  • Política
  • Gerais
  • Imagens
  • Contato
Enquete


Nenhuma enquete.

Buscar
Untitled Document
21.11
00:57

CCJ da Câmara aprova a PEC da prisão em segunda instância por 50 votos a 12

Brasília (Agência Brasil) - A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou por 50 votos favoráveis e 12 contrários, na tarde de hoje (20), o relatório da proposta de emenda à Constituição (PEC 199/19) que permite a prisão após condenação em segunda instância. Agora a PEC segue para comissão especial da Casa.

Outras duas propostas em análise na comissão, a PEC 410/18 e a PEC 411/18, que alteravam o Artigo 5º da Constituição foram consideradas inadmissíveis pela relatora deputada Caroline de Toni (PSL-SC). Havia uma discussão entre os parlamentares se era constitucional ou não mexer nesse artigo, que trata dos direitos e garantias fundamentais, por alguns entenderem que só poderia ser alterado por uma nova Assembleia Constituinte.

A prisão em segunda instância ganhou força no Congresso Nacional após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) do dia 7 de novembro. Na ocasião, o STF derrubou a validade da prisão após a segunda instância, o que permitiu a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado em duas instâncias por corrupção e lavagem de dinheiro.
19.11
20:53

Governo do RN promete pagar 13º até 31 de dezembro, mas depende verba extra

Natal - A equipe econômica do governo Fátima Bezerra (PT) garantiu aos representantes do Fórum Estadual de Servidores, em audiência realizada nesta terça-feira (19), que o 13º salário de 2019 será pago até o dia 31 de dezembro. 

Porém, para isso, o governo precisa que a Assembleia Legislativa autorize dotação orçamentária extra, já que o governo anterior não previu o pagamento no orçamento 2019.

O projeto será encaminhado à Assembleia nesta quarta-feira (20) com pedido de urgência. O governo acredita que os deputados não colocarão dificuldade para aprovar o pedido, dada a importância para os servidores.
19.11
18:30

Bolsonaro assina desfiliação do PSL

Brasília (Agência Brasil) - O presidente Jair Bolsonaro assinou sua carta de desfiliação do PSL. A informação foi confirmada, nesta terça-feira (19), pela advogada do presidente, Karina Kuffa, que se reuniu com ele no Palácio do Planalto.

"Hoje vai ser feito o protocolo formal do pedido de desfiliação partidária do presidente da República", disse Kuffa. O documento será entregue à direção nacional do PSL e também registrado no Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), estado onde o presidente tem seu domicílio eleitoral.

Bolsonaro e seu grupo político anunciaram a criação de uma nova legenda, a Aliança pelo Brasil. Um evento na próxima quinta-feira (21), às 10h, em Brasília, vai celebrar a fundação do partido, com apresentação do estatuto, do programa e de seus membros fundadores. Mas para que possa ser oficialmente registrado, será necessária a coleta de 500 mil assinaturas, em pelo menos nove estados. 

E as rubricas ainda precisam ser validadas, uma a uma, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
19.11
08:44

Decoração natalina de Mossoró ganhará dois milhões em pontos de led em 2019

Foi iniciada uma das épocas mais iluminadas do ano, período em que várias cidades se preparam para as festividades de final de ano. Em Mossoró não será diferente com o projeto “Mossoró Terra de Luz”. A Prefeitura deu início na última semana a instalação da decoração natalina da cidade. Serão mais de 2 milhões de pontos de luz de led iluminando diversas ruas e avenidas do município.

O trabalho foi iniciado pelo centro da cidade com a iluminação das repartições públicas, Praça Rodolfo Fernandes (Praça do PAX), Avenida Dix-Sept Rosado, Praça Vigário Antônio Joaquim, Teatro Dix-huit Rosado, Avenida Rio Branco, entre outros locais. Gradativamente a iluminação natalina chegará a outros pontos da cidade, como as Avenidas Presidente Dutra e João da Escóssia.

A secretária de Infraestrutura, Kátia Pinto, explicou que este ano a cidade ganhará novos pontos de decoração e também anunciou novidades. “Teremos o polo de papai noel na praça de Eventos, um ponto de encontro das crianças e suas famílias com apresentações culturais em parceria com as secretarias de educação e cultura. Este ano de 2019 também teremos a Estação Luz que será montada na Estação das Artes, será um galpão luminoso que receberá nossa feira de artesanato”, falou.

A secretária Kátia ainda falou sobre a importância da decoração para a cidade entrar no clima natalino. “Queremos encantar mossoroenses e turistas com clima de natal e também aquecer o nosso comércio, movimentando a nossa economia”, disse.
19.11
08:41

Dias Toffoli revoga decisão que exigia apresentação de relatórios do "Coaf"

Brasília - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, decidiu revogar a decisão proferida por ele no fim de outubro que exigia da Unidade de Inteligência Financeira (UIF, antigo Coaf) a apresentação dos relatórios de inteligência financeira dos últimos três anos referentes a 600 mil pessoas físicas e jurídicas.

Toffoli já tinha recebido da UIF o acesso aos relatórios, mas afirmou que informações prestadas posteriormente pelo órgão foram satisfatórias.

Segundo ele, o STF não acessou nenhuma informação sigilosa. Toffoli havia pedido as informações em 25 de outubro para subsidiar o julgamento marcado para esta quarta-feira (20) sobre o compartilhamento de dados sigilosos por órgãos de inteligência.

O STF deverá decidir se o compartilhamento pode ser genérico (com informações parciais) ou detalhado (informações completas).
19.11
07:47

União libera 100% de seu Orçamento

Brasília - O governo federal oficializou o descontingenciamento (desbloqueio) de R$ 13,976 bilhões do Orçamento de 2019.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que a liberação total dos recursos ainda contingenciados foi possível porque o governo obteve receitas extraordinárias com a venda de ativos de estatais.

A venda dos ativos rendeu Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido sobre o ganho de capital das empresas, e pelos leilões do excedente da cessão onerosa e da partilha do pré-sal.

O leilão da cessão onerosa arrecadou R$ 69,96 bilhões, dos quais o Tesouro pagará R$ 34,6 bilhões à Petrobras e R$ 11,67 bilhões a estados e municípios, ficando com R$ 23,69 bilhões.
18.11
15:29

Ufersa investiga matança de animais no Campus Mossoró por “envenenamento”

Universidade instaurou sindicância para apurar circunstância da morte de animais, crime conforme prevê o Art. 32 da Lei 9.605/9

Apesar de ser um caso de polícia, a Direção da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) investiga por conta própria, a morte de animais no âmbito do Campus Central da instituição em Mossoró.  A suspeita, segundo a própria Universidade, é de que os animais tenham sido envenenados.

Nesta segunda-feira (18), a Direção da Ufersa divulgou  uma “nota de esclarecimento”, em suas redes sociais, reportando-se ao caso e às providências tomadas para apurá-lo. Na nota, a instituição não cita o número e nem o tipo de animais mortos em sua unidade de ensino.

A Ufersa diz repudiar “todo e qualquer tipo de violência e de abandono” de animais, lembrando que tais práticas configuram em crime, conforme consta no Artigo 32 da Lei Federal 9.605/9. Daí, a Universidade decidiu instaurar uma Comissão de Sindicância para apurar as circunstâncias da morte dos animais e identificar os seus eventuais autor/autores.

Espancamento – A morte desses animais, citada na nota da Ufersa, não é um fato isolado no Campus da instituição em Mossoró. Nos últimos dias tem surgido relatos que apontam para outros crimes dessa natureza. Um cachorro por nome de “Amarelão”, morador e "mascote" da Residência Universitária, teria sido espancado até a morte, dentro da instituição.

O caso gerou revolta entre alunos da Ufersa, mas o caso foi ignorado pela Direção da Universidade, ao menos publicamente. Agora, a instituição decide investigar a morte de mais animais,desta feita por suposto envenenamento. Dezenas de gatos e cachorros habitam no Campus da Universidade Federal.
18.11
15:00

Prefeita de Luís Gomes sofre acidente na BR-304 em Caiçara do Rio do Vento

A prefeita de Luís Gomes, Mariana Fernandes (MDB), sofreu um acidente automobilístico na manhã desta segunda-feira (18), nas proximidades do município de Caiçara do Rio do Vento.

Outro veículo vinha fazendo uma ultrapassagem e colidiu no carro que transportava a prefeita.

Mariana passa bem, apesar do susto. (Por Heitor Gregório)
18.11
09:36

Jorge do Rosário não descarta disputar prefeitura e defende abertura de diálogo

Numa entrevista ao Jornal de Fato, no "Cafezinho com César Santos", o empresário Jorge do Rosário fala sobre política e eleições 2020. Não descarta a possibilidade de vir a ser o candidato do PL ao governo municipal e prega o diálogo com todos os segmentos da política de Mossoró.

Eis alguns pontos da entrevista de Jorge do Rosário, concedida aos jornalistas César Santos e Maricélio Almeida. 

De Fato - PELO menos cinco partidos têm pré-candidatos à Prefeitura de Mossoró. O PL segue essa linha? O nome do senhor pode ser considerado como pré-candidato?

JR - EU NÃO coloco meu nome como pré-candidato. Alguns amigos têm me estimulado muito a colocar meu nome, eu fico até feliz, mas eu tenho que ter responsabilidade, se eu me colocasse como pré-candidato, seria uma condição para tentar viabilizar essa candidatura. O que eu coloco é o seguinte: o PL vai participar do pleito de 2020 e nós queremos participar da construção de um projeto para Mossoró, e se na construção desse projeto, nos debates políticos, se o meu nome conseguir reunir partidos que deem sustentação política consistente, se a gente verificar, através de pesquisas, de consulta ao povo, que meu nome tem viabilidade eleitoral, e se o PL tiver interesse na minha pré-candidatura ou candidatura, aí sim, eu vou analisar, porque também tem que ser uma decisão pessoal, tenho minhas empresas, meus negócios, e para mim é um doce sacrifício participar da política partidária e querer ser prefeito.

De fato - É UM desejo do senhor ser prefeito?

JR - É UMA honra à biografia de qualquer pessoa que nasceu em Mossoró, eu nasci, me criei em Mossoró, trabalho aqui, invisto aqui, quero o melhor para Mossoró. Seria uma honra para mim, uma tarefa que encararia com o maior prazer, mas eu não posso ser candidato de mim mesmo, por vaidade, eu não tenho essa vaidade. Eu tenho sim compromisso de, seja em qualquer lugar, contribuir com o melhor para Mossoró, coisa que, modéstia à parte, eu tenho procurado fazer, quando invisto em Mossoró, quando presido o Sinduscon, quando vou a reuniões, qualquer que seja, independente de política, para debater os problemas de Mossoró. Questão de cargo, é se você for a pessoa certa para estar ocupando o cargo naquele momento. Nós já tivemos problemas por aventuras. Eu não sou pré-candidato, agora eu não quero entrar em aventura, não tenho nem idade mais para isso, agora se o meu nome for o que melhor represente um projeto, tenha simpatia, essa viabilidade que falei, não tenho também nenhuma dificuldade de sair às ruas, como já saí, e colocar minhas ideias e defender esse projeto.

De Fato - ESSE projeto que o PL defende, ele tem restrições ou é um projeto com abertura de diálogo?

JR - NÃO há nenhuma restrição e eu, particularmente, tenho menos ainda. Tenho diálogo com todos os segmentos, não tenho nenhuma dificuldade de conversar. Penso que para o momento que a gente vive, no nosso país, do que estamos vendo, a gente precisa, muito mais do que pender para a esquerda ou para a direita, olhar para frente, ter projetos para resolver os problemas do povo, um projeto consistente, porque o ente Estado precisa caber dentro de um orçamento, não adianta também sair nas ruas e dizer ‘vou melhorar a saúde, educação’, isso é muito fácil, essa retórica a gente escuta direto, agora tem que dizer como, quais são as ideias, de onde vem o dinheiro, porque o orçamento não dá para tudo, e seja você de esquerda ou de direita, o orçamento é soberano. O projeto tem que responder a essas questões, de como vai melhorar a vida das pessoas, eu quero participar desse debate, discutindo, por exemplo, a questão de mobilidade urbana, de infraestrutura, as ideias existem, mas tem que saber como vai viabilizar. Nós temos um problema seriíssimo, que é a questão das cirurgias eletivas. É um problema da Prefeitura, é? Mas tem que envolver outros entes, o Estado tem que participar disso, e participa, e a gente tem que dar uma solução a isso.
18.11
09:20

“O Supremo avança, sem limite e sem pudor”, alerta em ex-corregedora

Eliana Calmom estranha silêncio da magistratura sobre STF

A ex-corregedora nacional de Justiça Eliana Calmon disse à Folha  estranhar o silêncio da magistratura em relação à decisão de Dias Toffoli de requerer ao Banco Central o acesso a todos os relatórios de inteligência financeira produzidos nos últimos três anos.

_Ninguém diz nada e o Supremo avança, sem limite e sem pudor. Até onde irá? Ninguém sabe_, reage Eliana Calmon.
18.11
09:15

Previdência do RN já acumula rombo de R$ 50,5 bilhões, aponta relatório do TCE

Um relatório preliminar no Tribunal de Contas do Estado (TCE) aponta que o Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Estado do Rio Grande do Norte (Ipern) um déficit de R$ 50,5 bilhões.

O valor é o montante que falta para honrar as aposentadorias e pensões dos servidores beneficiários do plano até o fim de suas vidas.

Em tempo - Como o atual governo do PT estimula novas aposentadorias/benefícios, a tendência é que a situação financeira do Ipern se agrave no decorrer dos próximos anos e esse rombo bilionário só cresça mais.
15.11
09:09

Pesquisa Gama: Rosalba dispara e chega a 39% das intenções de voto

O Instituto Gama, de Fortaleza, divulga pesquisa com os números atualizados para as eleições de 2020 em Mossoró. De acordo com o levantamento, a atual prefeita Rosalba Ciarlini ampliou a intenção de votos em relação às demais pesquisas, até aqui divulgadas.

Se a eleição fosse hoje, Rosalba teria 39% das intenções de voto, mais do que o triplo do segundo colocado, o deputado estadual Allyson Bezerra.

Allyson, por sua vez, está tecnicamente empatado com a também deputada estadual petista Isolda Dantas.
  • VEJA OS NÚMEROS
Rosalba Ciarlini (PP) 39%
Allyson Bezerra (SD) 13%
Isolda Dantas (PT) 7%
Jorge do Rosário (PL) 5%
Daniel Sampaio (PSL) 2%
Gutemberg Dias (PC do B) 1%
Nenhum deles 5%
Não sabe/não respondeu 15%
Branco/nulo 12%
15.11
09:09

Isolda Dantas, do PT, lidera em rejeição

A pesquisa feita pelo Instituto Gama também avaliou a rejeição dos nomes que podem concorrer à Prefeitura de Mossoró. Na estimulada, Isolda Dantas lidera este item.

Nesse quesito, os entrevistados respondem em quais dos nomes apresentados nãovotaria de jeito nenhum para prefeito de Mossoró.

EIS OS NÚMEROS:

Isolda Dantas (PT) – 15%
Allyson Bezerra (SD) – 10%
Rosalba Ciarlini (PP) – 10%
Daniel Sampaio (PSL) – 9%
Jorge do Rosário (PL) – 7%
Gutemberg Dias (PC do B) – 1%
Não tem rejeição a nenhum deles – 11%
Tem rejeição a todos eles – 14%
Não sabe/ Não respondeu – 20%
15.11
09:08

Gama: Fátima e Bolsonaro caem e aprovação do governo Rosalba cresce

A pesquisa realizada pelo Instituto Gama nos dias 31 e 01 de novembro avaliou a percepção dos mossoroenses sobre os governos Federal, Estadual e Municipal.

O levantamento apontou queda da governadora Fátima e do presidente Bolsonaro. Já a prefeita Rosalba Ciarlini mostrou crescimento da avaliação da sua gestão e alcançou 63% de aprovação no quesito “aprova ou desaprova” e 45% de ótimo e bom na escala: “excelente, bom, regular, ruim e péssimo”.

Já o governo Fátima Bezerra viu pela primeira vez a soma do “ruim e péssimo” superar a de “excelente e bom” no décimo primeiro mês da administração, situação semelhante e mais acentuada é a opinião dos mossoroenses sobre o governo Bolsonaro.

CONFIRA OS NÚMEROS:
  • Governo Fátima Bezerra
Excelente 1%
Bom 20%
Regular 49%
Ruim 13%
Péssimo 12%
Não sabe/não respondeu 5%
  • Administração Rosalba Ciarlini
Excelente 3%
Bom 42%
Regular 34%
Ruim 14%
Péssimo 6%
Não sabe/não respondeu 1%
       
  • Governo Bolsonaro
Excelente 2%
Bom 11%
Regular 26%
Ruim 30%
Péssimo 29%
Não sabe/ não respondeu 2%
14.11
15:04

Prefeitura de Mossoró e Caixa sorteiam pré-selecionados para residenciais

Foi realizada na manhã desta quinta-feira (14), o sorteio de 600 famílias pré-selecionadas com os apartamentos dos Residenciais Mossoró 2 e 3. O sorteio foi realizado através do banco de dados do programa Minha Casa Minha Vida, da Prefeitura de Mossoró. 

O Residencial Mossoró fica localizado no bairro Alto da Bela Vista, é composto de 900 apartamentos divididos em 3 etapas com 300 apartamentos cada. 

O Residencial 1 tem entrega prevista para os primeiros meses de 2020. A lista com os 600 contemplados com os apartamentos será publicada na próxima edição do Jornal Oficial de Mossoró (JOM).

A partir da próxima segunda-feira, 18, os pré-selecionados para as novas etapas do Residencial devem comparecer à Secretaria de Infraestrutura, localizada na Rua Nilo Peçanha, 40, das 8h às 13h para realizar o agendamento da apresentação da documentação necessária para iniciar o processo junto à Caixa Econômica Federal. 

O atendimento será realizado através da distribuição de 50 fichas por dia.
14.11
14:53

Governo adianta pagamento de salários

Natal - O Governo do Estado inicia o pagamento de novembro com o depósito de quase R$ 250 milhões na conta de 90 mil servidores ou quase 80% do funcionalismo estadual nesta sexta-feira (15). Os outros 20% também receberão dentro do mês trabalhado, no próximo dia 29.
 
O salário integral será depositado na conta de quem recebe até R$ 4 mil (valor bruto) e 30% do salário dos servidores que ganham acima desse valor, entre ativos, inativos e pensionistas, além do pagamento integral do salário à categoria da Segurança Pública.
 
No dia 29 de novembro recebem o salário integral os servidores das pastas com recursos próprios e da Educação, além dos 70% restantes de quem ganha acima de R$ 4 mil, concluindo a folha de R$ 431.849.698,58 milhões deste mês. O 13º salário de 2019 será pago neste ano.
14.11
14:49

Escândalo: Toffoli intima BC e obtém dados sigilosos de 600 mil pessoas

PRG estuda reagir ao presidente do STF/Por O antagonista

Brasília - O fato escandaloso foi denunciado pela Folha de S. Paulo. Ao blindar Flávio Bolsonaro, o presidente do STF determinou que o Banco Central lhe enviasse cópia de todos os relatórios do Coaf.

“Ao todo, Toffoli (ou um servidor do Supremo cadastrado por ele) passou a poder acessar, diretamente no sistema eletrônico da UIF, 19.441 relatórios, mencionando quase 600 mil pessoas, que foram produzidos pelo órgão de inteligência financeira de outubro de 2016 a outubro de 2019.”

Dias Toffoli decidiu com uma canetada que nenhum processo poderia ser aberto a partir desses relatórios. Agora descobrimos que ele – e só ele – pode dispor do material, investigando quem quer que seja.
14.11
14:45

Sebrae lança edital que concede R$ 2 milhões em projetos inovadores no RN

Natal - Empresas já estabelecidas no Rio Grande do Norte terão um incentivo financeiro para implementar projetos inovadores. O Sebrae no Rio Grande do Norte e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) vão lançar o Programa Tecnova II, um edital voltado para incentivar financeiramente a adoção inovação tecnológica. 

Serão disponibilizados recursos da ordem de R$ 2 milhões para capacitar e apoiar financeiramente essas empresas. O lançamento e abertura das inscrições ocorre durante café da manhã que será realizado no dia 26, às 8h, na sede do Sebrae, em Natal.

Programa Tecnova II visa promover um significativo aumento das atividades de inovação e o incremento da competitividade nas empresas e na economia. Serão concedidos R$ 2 milhões a empresas com projetos inovadores – em prototipagem, produtos e processos – desde que estejam constituídas há pelo menos seis meses e com faturamento bruto anual de até R$ 16 milhões. 

Cada projeto receberá um incentivo de R$ 200 mil.
13.11
16:58

Brasil e China firmam acordos nas áreas política, comércio, agricultura e saúde

Por Andreia Verdélio 
Da Agência Brasil

Brasília - Brasil e China assinaram nesta quarta-feira, 13, acordos e memorandos de entendimento nas áreas de política, economia, comércio, agricultura, inspeção sanitária, transporte, saúde e cultura. O presidente chinês, Xi Jinping, veio ao Brasil para participar da 11ª reunião de Cúpula do Brics, em Brasília, e se reuniu com presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Itamaraty.

Em declaração à imprensa, Bolsonaro disse que o governo e o empresariado brasileiro querem ampliar e diversificar o comércio com a China. Para o presidente, os atos assinados dão impulso a essas relações. “Essa relação bilateral em várias áreas, inclusive com aceno do governo chinês em agregar valor naquilo que nós produzimos, tudo isso é muito bem-vindo”, disse.

O presidente Xi Jinping avaliou como positivos os esforços do governo brasileiro para o desenvolvimento socioeconômico do Brasil e disse que a China quer fortalecer a amizade e cooperação, bem como aumentar e melhorar o comércio e os investimentos no país. Segundo ele, os dois países concordaram em intensificar os contatos de alto nível e fazer bom uso da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível de Concertação e Cooperação (Cosban) e de outros mecanismos bilaterais.

Além disso, a expectativa da China é continuar o alinhamento entre as políticas de desenvolvimento e investimento dos dois países: o Programa de Parceria de Investimento (PPI) do Brasil e a Iniciativa do Cinturão e da Rota da China.

Para Xi Jinping, Brasil e China são os maiores mercados emergentes do mundo, em um contexto de mudanças do comércio global, e devem se esforçar juntos para que a cúpula do Brics obtenha resultados e emita um sinal positivo de que seus membros - Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul – consolidam essa parceria estratégica e apoiam o multilateralismo, a equidade e a justiça internacional.

O encontro entre os dois chefes de Estado ocorre menos de um mês depois de o presidente Jair Bolsonaro visitar a China. Na ocasião, também foram assinados atos em política, ciência e tecnologia e educação, economia e comércio, energia e agricultura.

A China é o maior parceiro comercial do Brasil. Em 2018, o fluxo de comércio entre os dois países alcançou a marca de US$ 98,9 bilhões. O país asiático também é um dos principais investidores em áreas cruciais, como infraestrutura e energia.

 ACORDOS - Entre os atos assinados estão protocolos sanitários para exportação de pera da China ao Brasil e de melão do Brasil para a China. Também foi firmado um plano de ação na área de agricultura, de 2019 a 2023, nas áreas de políticas agrícolas; inovação científica e tecnológica; investimento agrícola; comércio agrícola; entre outras.

No setor de transporte, foi assinado memorando de entendimento para o compartilhamento de boas práticas, políticas públicas e estratégias para o seu desenvolvimento. Prioritário para o Brasil, o governo entende que pode se beneficiar da experiência dos chineses, considerando que a China é uma das líderes mundiais no setor.

SAÚDE - O Ministério da Saúde e a Administração Nacional de Medicina Tradicional Chinesa também pretendem estabelecer cooperação ampla no campo de saúde, com foco em medicina tradicional, complementar e integrada. As Práticas Integrativas e Complementares (PICS) são tratamentos que utilizam recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais, voltados para prevenir diversas doenças como depressão e hipertensão. Em alguns casos, também podem ser usadas como tratamentos paliativos em algumas doenças crônicas.

AMBIENTE - Brasil e China querem ainda criar um ambiente favorável para o comércio e investimento no setor de serviços e encorajar o investimento do setor privado. Outro ato assinado hoje estabelece uma plataforma de intercâmbio de informações e cooperação para fomentar investimentos. A China é uma das principais origens de Investimentos Estrangeiros Diretos (IEDs) no Brasil, que se concentraram nas áreas de energia (geração e transmissão elétrica, além de óleo e gás) e infraestrutura (portuária e ferroviária).

Também foi assinado um tratado que permitirá a transferência de pessoas condenadas para o território do outro país. Nesse caso, cumpridos certos requisitos, brasileiros condenados na China poderão cumprir a pena no Brasil e vice-versa.

Na área cultural, o Ministério da Cidadania e o China Media Group (CMG) querem promover o intercâmbio de filmes e programas televisivos, bem como festivais de cinema brasileiro na China e festivais de cinema chinês no Brasil, para divulgação recíproca de filmes. De acordo com o governo brasileiro, pretende-se, ainda, iniciar conversas sobre a possibilidade de se estabelecer um canal de televisão por assinatura dedicado exclusivamente a programas e filmes sino-brasileiros.
13.11
16:41

Comércio de Mossoró ficará fechado sexta, 15, no feriado da Proclamação

O comércio de Mossoró estará de portas fechadas no feriado da Proclamação da República, também alusiva ao Dia do Comerciário, na sexta-feira (15/11). A Câmara de Dirigentes Lojista de Mossoró (CDL-Mossoró) informa que o comércio, com exceção das redes de supermercados, estará fechado, representando principalmente as lojas do centro da cidade.

A medida está publicada na Convenção Coletiva de Trabalho 2019/2020 assinada pelos sindicatos do setor varejista, do comércio e dos empregados de Mossoró e região do Médio Oeste do RN, disponível no endereço: http://www.cdlmossoro.com.br/down/convencaoColetiva20192020.pdf

Agências bancárias também ficarão fechadas, mas retornando o funcionamento normal na segunda-feira, dia 18. Cinema, área de lazer do Partage Shopping Mossoró e rede de supermercados vão funcionar em horário especial. Confira abaixo o que abre e o que fecha no feriado.

© 2009 Gutemberg Moura - A notícia com credibilidade. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Micael Melo