• Blog
  • Perfil
  • Política
  • Gerais
  • Imagens
  • Contato
Enquete


Nenhuma enquete.

Buscar
Untitled Document
14.04
11:20

Ex-prefeito de Patu rumo ao TJE

O futuro do ex-prefeito de Patu, Possidônio Queiroga, parece encaminhado. Pelo que ele tem confidenciado a amigos, em breve ocupará um cargo no Tribunal de Justiça do Estado (TJE), a convite do atual presidente daquela Corte, o desembargador patuense Rafael Godeiro.

Popó, como o ex-prefeito é mais conhecido, não conseguiu fazer seu sucessor. Nas eleições de 2009 não emplacou seu candidato João Godeiro, derrotado por Ednardo Moura, que acabou não assumindo o mandato. Popó insistiu com Alexandrino Suassuna na eleição suplementar e perdeu de novo.

O ex-prefeito chegou a idealizar um projeto político a nível regional, talvez sonhando com uma cadeira na Assembléia Legislativa em 2010, mas o tombo eleitoral em Patu o fez mudar de planos. Certo ele.



14.04
08:11

Micarla aponta saúde como maior problema da sua administração

A prefeita de Natal, Micarla de Souza, concedeu entrevista a InterTV/Cabugi, esta manhã, para avaliação dos 100 primeiros dias da sua administração. Ela considera o período positivo, claro.

Micarla disse o óbvio: os maiores problemas da sua gestão estão na saúde, que atravessa uma crise sem precedentes na capital, mas procurou amenizar os efeitos políticos da crise sobre seu governo. Para compensar eventuais desgastes, disse que "as maiores vitórias" também estão na saúde.

Limitou-se, contudo, a citar a implantação do Hospital da Mulher como "grande feito" do seu mandato.

Sobre política, silêncio quase sepulcral. Uma pitadinha apenas na saída do secretário da Saúde, Levi Jales, segundo ela por opção pessoal e não por desgaste da administração ou conflito político.

O resto da entrevista foi blá, blá, blá...
14.04
07:50

Mossoró incluída no Minha Casa, Minha Gente, lançado pela Caixa Econômica

Confirmado.

A Caixa Econômica Federal inclui Mossoró no Projeto Minha Casa, Minha Gente, através do qual pretende investir no país, em 2009, recursos da ordem de R$ 15 bilhões para construir 20 mil casas.

O termo de adesão ao programa foi disponibilizado pela Caixa Econômica desde segunda-feira, 13. O cadastramento das famílias com renda até três salários mínimos será feito pelos estados e municípios. Acima desse teto, os interessados já podem fazer simulação de valor do imóvel no site da Caixa.

O Minha Casa, Minha Gente tem por meta  a construção de um  milhão de moradias em todo o país, priorizando cidades como mais de 100 mil habitantes, como é o caso de Mossoró. Para famílias de renda acima de três mínimos, os preços dos imóveis variam de R$ 80 mil a R$ 130 mil.

O total de casas está assim distribuído: 400 mil moradias para a faixa salarial de 0 a 3 salários mínimos, 400 mil de 3 a 6 salários mínimos e 200 mil unidades para a última faixa (de 6 a 10). A previsão do governo é reduzir o déficit habitacional em 14%, que hoje está em 7,2 milhões de unidades.
13.04
13:00

Vivo chega a Mossoró em abril

A operadora telefônica celular Vivo deve iniciar sua operação em Mossoró ainda este mês. A data prevista é dia 20, segundo informação colhida pelo blog junto a um representante da empresa.

A Vivo terá pelo menos três lojas na cidade, duas no centro e outra no West Shopping.

Com isso ganhará o usuário da telefonia móvel que contará com mais uma opção nesse serviço, além das operadoras já em atuação no mercado mossoroense: Oi, Tim e a Claro.

13.04
12:25

Equipamentos da Itagrês/Porcelanatti começam a chegar a Mossoró

Os equipamentos da Porcelanatti Revestimentos, empresa que o grupo empresarial catarinense Itagrês instala no Distrito Industrial de Mossoró, começam a chegar à Cidade. Os primeiros equipamentos desembarcaram no último final de semana, procedentes do Porto de Pecem (CE).

A fábrica da Itagrês começou a ser montada há seis anos com o apoio da Prefeitura Municipal, que doou o terreno e realizou obras de infra-estrutura, investindo cerca de R$ 2,5 milhões. Já o investimento feito pelo grupo Itagrês gira em torno de R$ 100 milhões.

Foram investidos R$ 50 milhões em obras físicas e mais R$ 50 milhões nos equipamentos, vindos da Itália.O grupo Itagrês pretende iniciar a operação da fábrica até o final de 2009. A indústria vai gerar 600 empregos diretos e produzir pisos cerâmicos para exportação e mercado interno.

 

13.04
08:16

Congresso pode criar mais 79 mandatos

Se hoje o custo do Congresso Nacional já é elevadíssimo, a situação poderá ficar ainda pior, caso seja aprovada a proposta para criação de mais 79 cargos eletivos este ano, elevando para 573 o número de parlamentares. Atualmente são 594, sendo 513 deputados e 81 senadores.

Dos 79 novos parlamentares, quatro seriam para representaram na Câmara dos Deputados os brasileiros que moram no exterior e 75 para integrar a bancada nacional no Parlamento do Mercosul.O custo desse "trezinho" político-eleitoral para os cofres na Nação: R$ 107 milhões/ano.

E o salário..."ô"!

13.04
08:15

Futebol de Mossoró dá vexame

Uma vergonha, o futebol de Mossoró, este ano. Primeiro pelo papelão do Potiguar, eliminado já no primeiro turno.

Depois pelo vexame do Baraúnas na fase final do campeonato. Ontem, em Natal, surrão: 4 a 0 para o ABC.

Definitivamente, 2009 é um ano para a dupla potiba tirar de suas história.

Haja peia!

12.04
16:30

Baraúnas inicia jogo contra o ABC

Sem nenhuma  chance de classificação às finais do campeonato estadual , o Baraúnas faz agora seu último jogo na competição. Apenas para cumprir tabela, joga contra o ABC, no Frasqueirão, em Natal.

O "Leão do Oeste" encerra sua pífia participação no campeonato quinta-feira, 16, contra o América, no Machadão. O Baraúnas também já deu adeus às suas pretensões de participar da Série D em 2009.
11.04
10:00

Congresso brasileiro está entre um dos mais caros do mundo

O Congresso Nacional brasileiro está entre os mais caros do mundo. De acordo com relatório da  Transparência Brasil, dados de 2007, o orçamento do Congresso  (Câmara dos Deputados e Senado Federal) foi de R$ R$ 6.068.072.181,00. Gasto de R$ R$ 11.545,04 por minuto.

Só fica atrás do Congresso dos Estados Unidos, gastando três vezes mais do que o Parlamento francês. O mandato de cada um dos 513 deputados brasileiros custa R$ 6,6 milhões por ano.

Muito?

Pouco, se comparado ao custo dos senadores. No Senado, o mandato de cada um de seus 81 integrantes custa cinco vezes mais. Nada menos do que R$ 33,1 milhões por ano. Uma nota preta.

Na comparação com outros países, considerando-se seus níveis de riqueza, renda per capita e salário mínimo, aí o Brasil lidera como o País em que o Congresso mais orena o cidadão. Como os dados são referentes a 2007, hoje o custo do Congresso brasileiro deve ser bem mais elevado.

Como se vê, ser congressista no Brasil é um "negócio" bem interessante. Tetinha boa, essa!







10.04
20:02

TRE faz treinamento online para implantar filiação eletrônica

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN) realiza treinamento online para implantação do Sistema de Filiação Partidário (FILEX) para auxiliar os partidos políticos no registro eletrônico de filiados.

O sistema permite aos partidos facilidade na digitação e administração dos registros das filiações. Ao mesmo tempo agiliza o processo de entrega das listas de eleitores à Justiça Eleitoral.

Os partidos interessados no treinamento devem acessar: www.tre-rn.gov.br
10.04
20:02

Fazenda dos Paula vira loteamento

A antiga Fazenda Santa Júlia, antes pertecente à família do atual secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Segundo Paula, está sendo transformada em loteamento.

O terreno está localizado à margem esquerda da BR-304, no sentido Mossoró-Fortaleza. Os lotes que dão para a BR estão sendo cobiçados por um grupo imobiliário com atuação no Estado do Ceará.

Os empresários cearenses planejam a construção de um condomínio fechado no local.
(1)
10.04
07:00

Semana Santa com chuvas em Mossoró

Recomenda-se o uso de quarda-chuvas em Mossoró, no feriado da Santa Santa.

De hoje (Sexta-feira Santa) e domingo seriam 27 milímetros de chuvas.

Para esta sexta, a probabilidade de precipitações é de 80%: 11 milímetros.

Fonte: climatempo.com.br
09.04
21:50

Shalom inicia Retiro da Semana Santa

A Comunidade Católica Shalom inicia o seu Retiro da Semana Santa.

A programação foi aberta nesta quinta-feira, 9, às 14h, no auditório da Ursap.

O encerramento será domingo, 12, às 16h, com celebração de missa, no Centro de Evangelização.
09.04
21:30

Fato histórico: Brasil é credor do FMI

O dia 09 de abril de 2009 entra para a história.

OBrasil deixa a condição de saco de pancadas para ser credor do Fundo Mometário Internacional (FMI). Injetará no Fundo, de início, recursos da ordem de US$ 4,5 bilhões (uns R$ 10 bilhões).

Além disso, o Brasil também vai colaborar com outros R$ 10 bilhões (algo em torno de R$ 22 bilhões) para elevar a capacidade de financiamento do Fundo diante da crise financeira internacional.

O Brasil mostra sua cara de "país rico", apesar de sua vexatória desigualdade social.

Assim não vale.


09.04
21:08

Agradecimento

Obrigado aos colegas Willian Robson (De Fato), Julierme Torres (TCM), Pedro Carlos (pedrocarlos.com) e Alcivan Villar (Informe) pela leitura e incentivo ao blog.

Valeu!
09.04
21:07

Lei de Silveirinha é ´inócua´

A Câmara Municipal  de Mossoró aprovou projeto de lei do vereador Francisco José Júnior (PMN) fixando cota para a participação de artistas locais nos eventos culturais promovidos pela Prefeitura.

Desnecessário. Não é à toa que a lei pode ser vista, facilmente, como inócua.

Ora, a lei fala numa cota mínima de 30% na presença dos artistas mossoroenses em eventos como Cidade Junina, Auto da Liberdade, Oratório de Santa Luzia e por aí vai...

Hoje, essa presença de artistas da terra nestes eventos já é majoritária. "100%". Na prática, a lei abre uma "brecha" muito perigosa.

Senão vejamos: se antes a Prefeitura chamava todos os artistas, agora ela poderia reduzir o percentual para 30%  e, mesmo  assim, estaria protegida pela legislação. De lascar!

Como se vê, a lei é um tiro no pé. Do autor da matéria, no mínimo.
(1)
09.04
16:02

BR-304 vira cemitério de jumentos

O trecho da BR-304, entre o conjunto Santa Delmira e o trevo de Tibau, virou um cemitério de jumentos. Ao menos cinco animais foram mortos nos últimos dias vítimas de atropelamento.

Os animais apodrecem onde morrem, causando mau cheio e uma péssima impressão para quem chega à cidade. O recolhimento dos animais da pista - vivos ou mortos - cabe à Polícia Rodoviária Federal, já que a BR-304 se trata de uma estrada federal. Mas pelo que se vê, isso não é feito há algum tempo.

Até quando isso vai continuar?

Talvez até o dia em que alguma pessoa morra num abarroamento com animais, o que aliás não seria nenhuma novidade, pois já ocorreu em outras ocasiões. Daí a necessidade de se evitar novas tragédias.




09.04
15:02

Acim tem pleitos para Segundo Paula

A Associação Comercial e Industrial de Mossoró (ACIM) vai propor ao novo secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Segundo Paula, a adequação do diagnóstico de potencialidades de Mossoró elaborado pela entidade em parceria com a Federação das Indústrias do RN (FIERN).

A ideia, segundo o presidente da Acim Nilson Brasil, é adequar o projeto a atual realidade sócio-econômica do município, para se viabilizar a atração de novos investimentos para Mossoró.

Nilson Brasil vibrou com a chegada de Segundo Paula à equipe do Governo do Estado, por acreditar que o novo secretário voltará seus olhos para projetos de interesse desta cidade.

Entre os pleitos que a Acim levará a Segundo Paula, além da atualização do diagnóstico sócio-econômico, está também a elaboração do Plano Diretor do Distrito Industrial. Para Nilson Brasil, devido suas peculiaridades, o Distrito precisa de um plano próprio que atenda suas demandas.
09.04
07:50

Saúde vive o caos. Em Natal

O sistema municipal de Natal vive uma crise sem precedentes. A prefeita Micarla de Souza (PV) até parece se esforçar para mudar o cenário, porém a situação - ao que tudo indica - vai piorando. Para o presidente do Conselho Estadual de Saúde, Canindé Santos, a saúde em Natal é "caso de polícia".

Numa entrevista agora há pouco na InterTV/Cabugi, Canindé Santos defendeu uma investigação pela Polícia Federal no relacionamento entre Prefeitura e empresas farmacêuticas, pois, segundo ele, existiriam irregularidades na compra de medicamentos próximo de perder o prazo de validade.

Com isso, muitos medicamentos estariam indo parar no lixo, enquanto a população sofre com o desabastecimento de remédios nas unidades de saúde municipais, como denunciou Canindé Santos.

Não fica por aí, não.

Nada é tão ruim, ao que parece, que não possa piorar. É que a Câmara Municipal do Natal aprovou uma lei concedendo às cooperativas médicas desconto de até 90% sobre o Imposto Sobre Serviços (ISS). Pasmem: retroativo a 1991. Isso significa menos dinheiro para a combalida saúde da capital.

Enquanto isso....

A população (carente) paga o "pato".
(1)
08.04
20:24

Acim criará Câmaras Setoriais até maio

A Associação Comercial e Industrial de Mossoró (ACIM) criará até o final de maio cinco câmaras setoriais para atuação nas áreas salineira, agricultura, turismo, construção civil e petróleo. O novo presidente da Acim, Nilson Brasil, explica que as câmaras setoriais vão discutir e planejar estratégias de mercado para alavancar novos projetos no ramo representado por cada uma delas.

Nilson Brasil diz que a ideia da entidade é indicar para as presidências das câmaras setoriais nomes de peso dos segmentos produtivos relacionados, de modo impactar nas deliberações dos colegiados. Além da criação das câmaras setoriais, o novo presidente da Acim priorizará também a conclusão das obras do Centro de Exposição e Eventos (EXPOCENTER), iniciadas na gestão passada. No momento, as obras estão concentradas na construção do auditório, com capacidade para 700 pessoas.

A previsão de Nilson Brasil é que o Expocenter - construído através de Parceria Público-Privada (PPP) com a participação de empresários, Prefeitura Municipal e Governo do Estado - fique pronto até o final de 2009. Aproximadamente R$ 2,5 milhões estão sendo aplicados nesse investimento.

© 2009 Gutemberg Moura - A notícia com credibilidade. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Micael Melo