• Blog
  • Perfil
  • Política
  • Gerais
  • Imagens
  • Contato
Enquete


Nenhuma enquete.

Buscar
Untitled Document
27.10
11:57

Com aval da Igreja Católica, Flavinho já articula candidatura a estadual em 2018

O vereador mossoroense Flávio Tácito (PPL) só pensa “naquilo”: disputar uma das 24 vagas da Assembleia Legislativa na eleição de 2018. Para tanto, ele jura de “pés juntos e olhos rútilos” que já recebeu “sinal verde” da cúpula da Igreja Católica para o seu projeto eleitoral.

_ A Igreja (católica) está toda comigo_, assegura Flavinho, dizendo que não perde tempo na implementação de sua estratégia de campanha. “Estou visitando várias cidades”, diz o edil, explicando que suas andanças focam a participação nas festas de padroeiros dos municípios.

Por tabela, “vende” o seu projeto político-eleitoral aos eleitores das cidades visitadas. 

Jogo de cena – Na prática, Flávio Tácito reedita a estratégia da eleição estadual passada. Já naquele pleito, ele se declarou “deputável”. Todavia, o projeto não foi adiante. Então aliado do ex-prefeito, Flavinho optou por apoiar Galeno, então candidato de Silveira Jr. á Alern.

Em tempo: Ah, Flavinho também jura que não será mais candidato a vereador em 2020, caso não se eleja deputado estadual no próximo ano, se realmente vier a ser candidato.
27.10
10:24

Coluna do Blog – Notas & Bastidores

Fica Temer – O PT jogou a toalha. Lula jogou a toalha. Em andanças por Minas Gerais, algo como campanha eleitoral antecipada, o ex-presidente pregou do movimento “Fora Temer”, lenda-lenda do seu partido, o PT. Para ele, a hora é de se focar a escolha de um presidente que “salve o Brasil”.

Fica Temer II – No caso, o tal “presidente” seria o próprio Lula. Mas, entretanto, porém, apesar de sua vantagem nas pesquisas eleitorais, entre os atuais presidenciáveis, a eleição de Lula não é certa. Quase 70% do eleitorado ainda está indeciso e, ademais, Lula está entre os mais rejeitados. 

De “mentira” – O advogado do ex-deputado Henrique Alves, Marcelo Leal de Lima, classifica de “mentirosa”, a acusação da Polícia Federal, imputando a parentes do ex-ministro, no caso sua mulher e filha, condição de “laranjas” a para venda de patrimônio e obtenção de diagnóstico médico falso.

De mentira II – Para PF, Henrique usa os parentes para ocultar patrimônio e se manter preso em Natal, no Quartel da Polícia Militar, evitando transferência para um presídio de Brasília.

Ex-toga em apuros – O ex-desembargador Francisco Barros Dias foi denunciado pelo Ministério Público Federal na prática de crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, exploração de prestígio e falsidade documental. Segundo o MPF, Barros teria recebido propina para influenciar decisões judiciais, inclusive quando era membro da Magistratura. 

Alckmim, não – No Congresso Nacional, integrantes do PMDB descartam a possibilidade de o partido apoiar a eventual candidatura à Presidência da República do atual governador Geraldo Alckmim, do PSDB. É que a maioria da bancada tucana paulista votou contra Temer, na denúncia da PGR.

Robinson “amarrado” – O governador do Rio Grande do Norte é um “morto-vivo” na política. O seu governo é desastroso, o seu futuro político é negro. A situação dele é tão ruim, que nem renunciar ele pode, abrindo caminho para a primeira-dama Julianne Faria disputar algum mandato em 2018.

Robinson “amarrado” II – É que, além da denúncia no STF por corrupção, forçando-o a manter o cargo e o fórum privilegiado, o Chefe de Estado potiguar ainda “brigou” com o vice-governador Fábio Dantas. Então, não haveria ambiente político entre eles, para um acordo de “salvação” aos Faria.

Robinson “amarrado” III – Desta forma, Robinson Faria terá de concluir o mandato. A duas penas.
26.10
14:47

Câmara debate crise na Polícia Civil do RN e apoia os pleitos da coorporação

A Câmara Municipal de Mossoró realizou audiência pública para discutir a situação de precariedade enfrentada pela Polícia Civil em Mossoró e região. A audiência aconteceu na manhã desta quinta-feira (26), no plenário do Poder Legislativo.

O vereador Alex Moacir (PMDB) foi o propositor da audiência, que  teve apoio de todos os 21 vereadores da Casa. O parlamentar destacou a importância de apoiar causas como a da Polícia Civil.  “A Câmara Municipal não tem o poder de executar ações, mas temos o papel de cobrar, nos associar, apoiar, unir forças para conquistar melhorias para nossa cidade. Essa audiência faz parte de um trabalho integrado da categoria para que possamos fortalecer a voz dos profissionais da área de segurança e fazer com que o governador do Estado escute.”, disse o vereador.

Clorisa Linhares, vereadora da cidade de Grossos, esteve na audiência para apoiar a causa e unir forças com a Câmara de Mossoró. “A classe política tem que se unir para buscar soluções. Ou damos nossas mãos e lutamos por melhorias ou vamos perder essa guerra.”, destacou.  A vereadora leu uma carta detalhando a situação precária de trabalho dos policiais e demais profissionais que garantem a segurança do Rio Grande do Norte.

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do RN (SINPOL/RN), Nilton Cesar, cobrou melhores condições de trabalho para a realização efetiva do trabalho pela Polícia Civil. “Para darmos a resposta que a sociedade merece, precisamos ter condições de trabalho. Muitos policiais estão adoecendo pela falta de condições de trabalho. Não temos efetivo suficiente e falta estrutura física.”.

O delegado Rafael Câmara, diretor da Associação dos Delegados da Polícia Civil do RN (Adepol/RN), ressaltou que a segurança pública não tem sido prioridade para o Estado nos últimos anos e também destacou a união entre as três categorias da Polícia Civil em busca de melhorias. “Eu vejo com muita esperança a nova configuração da Polícia Civil. Vejo as três categorias aqui, hoje, unidas em prol das mesmas causas.”.  

Para o secretário municipal de segurança, general Eliéser Girão, a mudança tem que vir de cima. “Eu acredito que já passou da hora de organizarmos a segurança pública de uma forma mais macro. A mudança precisa ser nacional. Em Mossoró, já ultrapassamos o limite que nos cabe em relação à segurança.”.

Após a audiência, um documento com as reivindicações da categoria foi montando para ser encaminhado ao governador do estado, Robinson Faria, e às autoridades competentes. Os vereadores da Câmara Municipal de Mossoró se colocaram à disposição dos policiais civis para lutar em busca de melhorias para a categoria e garantir o bom serviço aos cidadãos do município.
26.10
14:16

Polícia Federal prende assessores de Henrique Alves, ex-ministro de Turismo

  • Fonte: G1
Três pessoas foram presas nesta quinta-feira (26) pela Polícia Federal (PF) durante operação contra lavagem de dinheiro no Rio Grande do Norte. Um dos detidos é funcionário do Ministério do Turismo.

A ação, batizada de Lavat, é um desdobramento da operação Manus, investigação que levou Henrique Eduardo Alves, ex-ministro do Turismo, à prisão. Os outros dois presos são assessores particulares de Alves.

As buscas também foram feitas na sede do ministério, em Brasília, e no apartamento do ex-ministro, em Natal.

Apartamento do ex-ministro Henrique Alves, onde a PF cumpriu mandados de busca (Foto: Inter TV Cabugi)

Segundo a PF, a palavra Lavat vem do provérbio latino “Manus Manum Fricat, Et Manus Manus Lavat”, cujo significado é: “uma mão esfrega a outra; uma mão lava a outra”. O provérbio também serviu como inspiração para denominar a operação Manus.

Cerca de 110 policiais federais cumpriram 27 mandados judiciais, sendo 22 mandados de busca e apreensão, 3 de prisão temporária e 2 de condução coercitiva em Natal, Parnamirim, Nísia Floresta, São José de Mipibu e Angicos, todas cidades potiguares.

Foram presos: 

Aluísio Henrique Dutra de Almeida (assessor de Henrique Alves)
José Geraldo Moura Fonseca Júnior (assessor de Henrique Alves) 
Norton Domingues Masera (chefe da assessoria parlamentar do Ministério do Turismo)

Foram alvos de condução coercitiva (quando o investigado é levado até a delegacia para prestar depoimento):

Domiciniano Fernandes da Silva
Fernando Leitão de Moraes Júnior
26.10
09:17

Sebrae do RN terá palestras e capacitações durante Semana Nacional do Crédito 2017

Natal - O Sebrae no Rio Grande do Norte elaborou uma programação especial para marcar a Semana Nacional do Crédito, que se encerra na próxima sexta-feira (27). Além de orientações e capacitações direcionadas a essa área financeira, serão realizadas palestras com atrações nacionais. 

A programação será realizada em Natal e também no interior do estado, em nove cidades. Todas as atividades são voltadas à orientação pré e pós-crédito, gestão financeira dos pequenos negócios e apresentação de garantias como o Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe) e as Sociedades Garantidoras de Crédito (SGC).

Em Natal, o ponto alto da ação será no dia 27, a partir das 14h30, na sede da instituição, em Natal, com a realização da palestra de Alan Gahni, que é economista com doutorado pela Universidade de São Paulo (USP) em Finanças e é apresentador do programa Infomoney. Ele vem ao Rio Grande do Norte falar sobre cenário econômico e as oportunidades e uso consciente do crédito. Na sequência, às 16h30, é a vez de Erasmo Vieira ministrar a palestra ‘A Hora da Virada nas Finanças’.
26.10
08:29

PREVI de Mossoró antecipa pagamento de outubro para seus segurados

Os servidores aposentados e pensionistas terão os pagamentos antecipados para o dia 30 de outubro. A confirmação foi dada pelo presidente do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos (PREVI – Mossoró), Elviro Rebouças.

A antecipação ocorre em virtude do Dia do Servidor Público, comemorado em 28 de outubro. 

Os funcionários aposentados e pensionistas já terão os salários creditados nas primeiras horas da próxima segunda-feira (30), conforme autorização e compromisso da prefeita Rosalba Ciarlini.
25.10
21:44

Câmara rejeita denúncia contra Temer

Brasília - O plenário da Câmara rejeitou há pouco o pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para que o Supremo Tribunal Federal (STF) investigue o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria Geral). Isso porque, de acordo com a Constituição, era necessário que ao menos dois terços dos deputados votassem a favor da continuidade da investigação. 

Foram 251 votos a favor do arquivamento da denúncia e 233 contrários.


No dia 14 de setembro, o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot apresentou ao STF a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer. Em junho, Janot havia denunciado o presidente pelo crime de corrupção passiva. Desta vez, Temer é acusado de liderar uma organização criminosa desde maio de 2016 até 2017. 

De acordo com a denúncia, o presidente e outros membros do PMDB teriam praticado ações ilícitas em troca de propina, por meio da utilização de diversos órgãos públicos.

Além de Temer, são acusados de participar da organização criminosa os integrantes do chamado "PMDB da Câmara": Eduardo Cunha, Henrique Alves, Geddel Vieira Lima, Rodrigo Rocha Loures, Eliseu Padilha e Moreira Franco. Todos os denunciados negam as acusações.
25.10
16:12

AO VIVO do plenário da Câmara Federal

Acompanhe ao vivo, com imagens da Câmara dos Deputados, sessão que vota denúncia contra presidente Temer e ministros. É a segunda denúncia enfrentada por Temer, este ano. Veja: 

25.10
08:32

Câmara vota nesta quarta denúncia contra presidenteTemer e ministros

Brasília _ O plenário da Câmara deve votar nesta quarta-feira (25) a segunda denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer.

Temer é denunciado pelos crimes de obstrução da Justiça e organização criminosa. No mesmo processo, são denunciados ainda os ministros Eliseu Padilha, da Casa Civil, e Moreira Franco, da Secretaria-Geral da Presidência, por organização criminosa.

Durante a votação, os deputados irão decidir se autorizam o Supremo Tribunal Federal (STF) a investigar o presidente e os ministros. Para isso, são necessários que 342 dos 513 deputados votem pela autorização do prosseguimento da denúncia na Justiça, conforme determina a Constituição Federal. Se isso não ocorrer, a denúncia fica suspensa e o presidente só poderá ser processado após deixar o mandato.

A denúncia já foi analisada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), que aprovou o parecer do relator Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) pela inadmissibilidade da denúncia.

Rito da votação - A sessão no plenário destinada a votar o parecer aprovado na CCJ está prevista para começar às 9h. O rito da votação deve tomar todo o dia.

Para iniciar a sessão, é preciso quórum mínimo de 52 deputados. Depois de alcançado esse número, o relator terá 25 minutos para apresentar seu parecer em plenário.

Em seguida, cada um dos advogados dos três denunciados poderá se manifestar pelo mesmo tempo do relator.

Apresentados o parecer e as defesas, deputados favoráveis e contrários à denúncia poderão discutir a matéria por até cinco minutos cada um. Quando dois parlamentares de cada lado tiverem falado, poderá ser apresentado um requerimento de encerramento da discussão que deverá ser submetido à votação do plenário.
25.10
08:28

ALERN “pega carona” no caso Aécio e devolve mandato de Ricardo Motta

Natal _ De volta pra. O deputado estadual Ricardo Motta (PSB) está de volta à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Por 20 votos a 1, os deputados aprovaram decreto legislativo que revoga a decisão do desembargador Glauber Rêgo, do Tribunal de Justiça (TJRN) pelo afastamento de Motta.

O deputado foi afastado do mandato no dia 9 de junho deste ano. O afastamento teria duração de seis meses. O TJ acatou pedido do Ministério Público Estadual (MPRN), que investiga o envolvimento do deputado no esquema de desvio de R$ 20 milhões  Idema-RN, desmantelado pela operação Candeeiro.

Dos R$ 20 milhões desviados do Idema, Motta teria embolsado pelo menos R$ 11 milhões.

A PGJ apurou que os recursos foram utilizados em campanhas eleitorais de Ricardo Motta. No pleito de 2014, além de ter renovado o mandato como o mais votado à Assembleia Legislativa, ele elegeu o filho Rafael Motta (PSB) à Câmara dos Deputados, como o segundo mais votado. 

Na época, Ricardo Motta era presidente da ALRN.

Aécio Neves _ O decreto de Ezequiel foi aprovado nesta terça-feira (24), na sessão conduzida pelo presidente Ezequiel Ferreira (PSDB), teve como argumento a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o senador Aécio Neves (PSDB). A Corte entendeu que caberia o Senado adotar as medidas cautelares contra o senador, o que acabou resultando no retorno do tucano ao mandato.
25.10
08:09

PSB perde fôlego na Câmara Federal

Brasília _ Recém exonerado do cargo de Ministro de Minas e Energia ,o deputado Fernando Bezerra Filho, entregou a carta de desfiliação ao PSB, nesta terça-feira. Quatro deputados federais também se desfiliaram do partido: Tereza Cristina, Danilo Forte, Fábio Garcia e Adilton Saqueti.
 
Com exceção de Saqueti, os desfiliados enfrentavam processo disciplinar no PSB por terem votado a favor da reforma trabalhista do governo Temer, enquanto o partido tinha fechado posição contrária. 
 
Eles também contrariaram o PSB ao votar pelo arquivamento da primeira denúncia contra o presidente Michel Temer, A previsão era que o grupo fosse expulso do partido na próxima quinta-feira. 
25.10
08:02

Prefeitura de Mossoró nega alteração em valor do ISS cobrados dos autônomos

A Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria da Fazenda, esclarece sobre as informações veiculadas com relação à suposta alteração na cobrança do Imposto sobre Serviços (ISS).

É importante destacar que não há nenhum aumento de carga tributária para profissionais como cabeleireiros e manicures, que são inscritos como Microempreendedores Individuais (MEI) que recolhem pelas regras da Lei do Simples Nacional, ou como autônomos com tributação fixa definida no Código Tributário Municipal.

Na proposta legislativa encaminhada à Câmara Municipal, o artigo 85-A, em seu parágrafo único, é claro em informar que a Lei não se aplica aos regimes especiais ou simplificados de tributação previstos em Lei Complementar Nacional (Simples Nacional) e as hipóteses de alíquota específicas ou de valores fixos previstos no Código ou em Lei Municipal.

O Artigo 85, do Código Tributário Municipal, já estabelece valores a serem recolhidos trimestralmente pelos profissionais autônomos que vão de R$ 134,06 a R$ 402,17. É importante reforçar que não houve qualquer alteração nessa sistemática.Já com relação ao MEI, o recolhimento a título de ISS é de apenas R$ 5 mensais e também permanece inalterado.

O Município informa que com o advento da Lei Complementar 157/2016, que promoveu alterações na Lei Complementar 116/2003, que rege a cobrança do ISS, as operadoras de cartão de crédito e financeiras que recolhiam o tributo para a cidade onde estavam localizadas passam a recolher para o município do tomador do serviço. “Isso significa que a Prefeitura aumentará a sua base de arrecadação, possibilitando maior investimento nas políticas públicas municipais”, explica o secretário da Fazenda, Abraão Padilha.
24.10
17:05

Vereadora Izabel Montenegro é reeleita presidente da Câmara/biênio 2019-2020

A Câmara Municipal de Mossoró realizou, nesta terça, a eleição da Mesa Diretora para o biênio de 2019-2020, durante Sessão Extraordinária. Em uma votação com chapa única, a vereadora Izabel Montenegro (PMDB), atual presidente da Casa Legislativa, foi reeleita pela maioria dos vereadores, com 20 votos.

Além de Izabel, a Mesa Diretora para 2019-2020 será composta por Flávio Tácito (PPL), 1º vice-presidente; Alex do Frango (PMB), 2º vice-presidente; Aline Couto (PHS), 1ª secretária; Ozaniel Mesquita (PR), 2º secretário; Genilson Alves (PMN), 3º secretário, e Manoel Bezerra (PRTB), 4º secretário.

_Essa foi uma decisão da maioria dos vereadores e todo o processo foi feito com transparência, seguindo os trâmites do regimento da Câmara Municipal. Essa reeleição nos mostra que estamos no caminho certo na administração desta Casa, tratando os recursos públicos com responsabilidade e buscando o bom relacionamento entre as bancadas de situação e oposição_, destacou Izabel.
24.10
12:47

Professor da Ufersa é premiado com trabalho em Arquitetura de Computadores

O professor Sílvio Roberto Fernandes de Araújo do curso de Bacharelado em Ciência da Computação recebeu o prêmio de melhor artigo no 12° Workshop sobre Educação em Arquitetura de Computadores (WEAC) realizado nos dias 17 a 20 de outubro, em Campinas, São Paulo, com o trabalho intitulado “Um relato de experiência Interdisciplinar usando MIPS”. 

O WEAC é um evento co-alocado ao WSCAD (Simpósio em Sistemas Computacionais de Alto Desempenho) e SBAC-PAD (International Symposium on Computer Architecture and High Performance Computing).

Segundo o docente, o trabalho apresenta um relato de um conjunto de atividades práticas nas disciplinas de Organização e Arquitetura de Computadores (OAC) e Sistemas Operacionais (SO) com base no MIPS e suas ferramentas, principalmente o MARS.
23.10
15:40

Câmara de Mossoró realiza audiência pública,quinta, em apoio a Polícia Civil

A Câmara Municipal de Mossoró vai realizar, nessa quinta-feira (26), a partir das 9h, no plenário, audiência pública sobre a situação da Polícia Civil em Mossoró e região. A audiência é uma resposta dos vereadores ao pedido da Polícia Civil, que luta por melhores condições de trabalho. 

A proposição da audiência, do vereador Alex Moacir (PMDB), teve o apoio de todos os vereadores da Casa.

A Polícia Civil vem realizando campanha em todo o estado em busca de infraestrutura, aumento do efetivo policial e pagamentos dos salários em dia. 

_Esse é um movimento pela valorização da instituição da Polícia Civil. Estamos buscando garantia de salário em dia, melhoria na estrutura física das delegacias e também maior efetivo policial_, explicou o delegado e diretor da Adepol-RN, Rafael Câmara. 
 
23.10
15:29

Da série perguntar não ofende...

...e muito menos paga imposto. Pra que Mossoró ter três times no Campeonato Estadual, se dois (Potiguar e Baraúnas) já é demais?!

Ora, ora. Não faz sentido algum o Mossoró Esporte Clube disputar a competição. Um time ser torcida, sem estrutura, sem base, sem nada. Vaidade de cartolas, somente.

Algo sem sentido. Piada mesmo. Mossoró tem cada coisa, que Deus duvida!!! 
22.10
21:01

Rio Grande do Norte atinge marca de 2 mil homicídios em 2017, aponta OBVIO

Com o assassinato de uma mulher no município de Monte Alegre, o Rio Grande do Norte atingiu a marca de 2 mil homicídios em 2017. O levantamento é do Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO).

A vítima foi identificada como Maria Flávia da Silva, 29 anos. Ela foi morta a tiros na Rua Manoel de Paiva, no centro da cidade.

Nos doze meses do ano passado, o estado registrou 1.988 mortes. Com isso, 2017 já é o ano mais violento da história do RN. A tendência é de que o número de homicídios em 2017 seja bem superior ao verificado no ano passado.

O total de assassinatos é 25,8% maior que a quantidade registrada no mesmo período de 2016. O índice representa uma média atual de quase 7 mortes por dia (6,80). Natal, com 524 mortes, é a cidade potiguar mais violenta. Mossoró vem logo em seguida com 192 homicídios.
  • Fonte: Portal BO e G1/RN
22.10
20:30

Robinson, o morto-vivo eleitoralmente

O governo Robinson faria (PSD) já acabou. Aliás, nem começou.

Administrativamente, o governador potiguar é um fiasco. Politicamente, pífio. Eleitoralmente, um morto-vivo.

Com menos de 4% de intenção de votos em Natal, o maior colégio eleitoral do RN, Robinson Faria expõe a fragilidade seu governo e, sobretudo, sua inexpressividade eleitoral.

É praticamente carta fora do baralho para 2018. Ademais, sequer poderá terminar o governo, caso venha a ser processado no Supremo Federal por corrupção. 

Se for, será afastado do cargo antes de conclui-lo. E não deixará saudade alguma para o Estado. Robinson é um engodo. Uma “viúva Porcino”...foi governador, sem nunca ter sido (leia-se emplacado como gestor estadual).
21.10
10:49

“Garibaldi é melhor escolhano PMDB do RN”, diz Walter em convenção da sigla

O deputado federal Walter Alves (PMDB/RN) deixou a presidência do diretório estadual do PMDB do Rio Grande do Norte, nesta sexta-feira (20), quando transferiu o cargo para o senador Garibaldi Alves Filho, em convenção na sede do diretório, em Natal.

Durante a solenidade, Walter agradeceu ao partido o tempo em que permaneceu na presidência e afirmou que a escolha do nome de Garibaldi é a mais acertada no momento da política nacional e local. Ele destacou o trabalho desempenhado pelo PMDB em todos os municípios do RN e os projeto para 2018.

“O PMDB tem todas as condições para trazer bons projetos para o Rio Grande do Norte e sair, mais uma vez, vitorioso em 2018. A escolha de Garibaldi foi a mais acertada neste momento. Ele tem experiência, competência e liderança para comandar o PMDB”, afirmou o deputado.

Walter Alves permanece na comissão executiva do PMDB/RN como vice-presidente, ao lado dos deputados estaduais Hermano Morais e Gustavo Fernandes, presentes na solenidade.
“Garibaldi é a melhor escolha para o PMDB do RN”, diz Walter em convenção do partido 

O deputado federal Walter Alves (PMDB/RN) deixou a presidência do diretório estadual do PMDB do Rio Grande do Norte, nesta sexta-feira (20), quando transferiu o cargo para o senador Garibaldi Alves Filho, em convenção na sede do diretório, em Natal.

Durante a solenidade, Walter agradeceu ao partido o tempo em que permaneceu na presidência e afirmou que a escolha do nome de Garibaldi é a mais acertada no momento da política nacional e local. Ele destacou o trabalho desempenhado pelo PMDB em todos os municípios do RN e os projeto para 2018.

“O PMDB tem todas as condições para trazer bons projetos para o Rio Grande do Norte e sair, mais uma vez, vitorioso em 2018. A escolha de Garibaldi foi a mais acertada neste momento. Ele tem experiência, competência e liderança para comandar o PMDB”, afirmou o deputado.

Walter Alves permanece na comissão executiva do PMDB/RN como vice-presidente, ao lado dos deputados estaduais Hermano Morais e Gustavo Fernandes, presentes na solenidade.
20.10
07:47

Apodi sediará I Feira Multissetorial do Médio Oeste no final de novembro

ApodiRN _O município de Apodi (região Oeste potiguar) sediará no final do mês de novembro a I Feira Multissetorial do Médio Oeste Potiguar. O evento acontecerá nos dias 29 de novembro a 1 de dezembro, no Centro da cidade.
 
Organizado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Prefeitura Municipal e SEBRAE/RN, a Feira tem como objetivo fomentar o comércio, indústria e agropecuária local e regional, estimulando os empresários, produtores e seus consumidores a investirem na economia dos municípios participantes.

As vendas dos espaços expositores acontecem através dos telefones do CDL Apodi: (84) 3333-2427 / 99108-4747 / 99917-8024 e pelo e-mail cdlapodi@hotmail.com.
 
A I Feira Multissetorial do Médio Oeste acontecerá dentro dos festejos alusivos à padroeira de Apodi, Nossa Senhora da Conceição.

© 2009 Gutemberg Moura - A notícia com credibilidade. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Micael Melo