Enviar por e-mail





O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) continuará atrás de assinaturas no Senado para a abertura de uma CPI no Senado que investigará os 663 "atos secretos" assinados nos últimos 14 anos.

O senador José Sarney é o responsável formal, já que está presidindo o Senado desde fevereiro desde ano.

" />