Enviar por e-mail






A linha de crédito de emergência para os fruticultores terá taxas de juros diferenciadas. De 9% ao ano, para investimento e de 11% para custeio, parcelada em 36 meses e um ano de carência.

Divulgação ASSECOM: Demis Roussos " />