Enviar por e-mail





"O trabalhador precisa ter claro que o reajuste do mínimo não o tiraria da pobreza, ainda que fosse maior".

Senador Cristovam Buarque (PDT/DF) ao avaliar o novo valor do salário mínimo nacional (R$ 465,00) aprovado, ontem, no Senado Federal.

" />