Enviar por e-mail






E vai com tudo..."Estou colocando o meu nome à disposição do partido".

O que fez Rosalba mudar de discurso tão rapidamente?

Muito simples...as últimas declarações do senador José Agripino, presidente do Democratas no Estado, que chegou a comentar que "Rosalba não morreria, se não fosse candidata ao governo".

O que Agripino quer mesmo, em primeiro lugar, é emplacar novo mandato de senador. Outras candidaturas, até a de Rosalba, ficariam em segundo plano.

O rosalbismo decifrou a "mensagem" do líder democrata e reagiu rapidamente. Agora com a declaração de Rosalba, o DEM é forçado a considerá-la candidata, quer queira ou não.

" />