Enviar por e-mail





A escolha de Mossoró para começar sua jornada eleitoral, faz sentido. Afinal de contas, mesmo sendo mossoroense, Wilma de Faria vem obtendo seguidos insucessos eleitorais na sua terra natal.

A governadora tem o cuidado para mudar o cenário. A começar pela organização da sua agenda em Mossoró, missão dada ao secretário de Desenvolvimento Econômico, Segundo Cipriano de Paula. Preteriu as deputadas Sandra e Larissa Rosado, para evitar desgaste político desnecessário.

Em 2010, para chegar ao Senado, Wilma de Faria medirá forças com dois pesos-pesados da política potiguar: Garibaldi Filho, que sonha ser o seu companheiro de chapa, e José Agripino.

Por isso, parte cedo para a ofensiva, "queimando" o tempo que lhe resta de mandato - deixará o cargo em abril próximo - para azeitar a "máquina" do governo e colher bons dividendos eleitorais.

Definitivamente, a sucessão de 2010 está nas ruas... pra Wilma.

" />