• Blog
  • Perfil
  • Política
  • Gerais
  • Imagens
  • Contato
Enquete


Nenhuma enquete.

Buscar
Untitled Document
25.05
09:09

Corredor Cultural recebe decoração e já se prepara para Mossoró Cidade Junina

Marca visual de evento dá cores às ruas da festa e prepara Mossoró para um dos maiores eventos juninos do Brasil

Mossoró já se veste de Cidade Junina. O maior e mais tradicional São João do país já está tomando forma pelo Corredor Cultural Professor Gonzaga Chimbinho. Depois da montagem da estrutura, o Corredor agora recebe a decoração e uma das novidades para este ano são os três displays que serão implantados para que as pessoas possam disfrutar e divulgar os festejos.

Os displays foram colocados na Praça Cícero Dias, que fica localizada em frente ao Teatro Municipal Dix-huit Rosado, na Praça de Convivência e no Memorial da Resistência. Em breve será colocado também próximo à Arena Deodete Dias.

“Estamos cobrindo o Corredor Cultural na ideia e nas cores da campanha publicitária, que este é uma das mais lindas que a cidade já viu. Estamos trabalhando o slogan “Você vai se apaixonar” e toda a decoração segue essa temática”, disse o secretário de Cultura Eduardo Falcão.

A decoração junina da cidade também já está sendo colocada na Avenida Presidente Dutra e em breve em outros pontos do Centro.
25.05
08:54

Economia reage e abril registra maior taxa de criação de empregos para mês

Brasília (Agência Brasil) - Beneficiada pelos serviços e pela indústria, a criação de empregos com carteira assinada atingiu, em abril, o maior nível para o mês em seis anos. Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, 129.601 postos formais de trabalho foram criados no último mês. 

O indicador mede a diferença entre contratações e demissões. O presidente Jair Bolsonaro comemorou o resultado. "Ainda estamos longe do ideal, mas no caminho certo!"

 A última vez em que a criação de empregos tinha superado esse nível foi em abril de 2013, quando as admissões superaram as dispensas em 196.913. A criação de empregos totaliza 313.835 de janeiro a abril e 477.896 nos últimos 12 meses.
24.05
10:25

Empreendedorismo Jurídico será tema de fórum de Direito da CERH, em Natal

Natal - Permitir um olhar estratégico e oferecer momentos de reflexão sobre administração, inovação, carreira e mindset, impulsionando mudanças de pensamento e comportamento, esse é o propósito do I Fórum de Empreendedorismo Jurídico realizado pela CERH Consultoria. O evento acontece no dia 13 de junho, a partir das 13h30, no auditório Albano Franco, na Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte - FIERN. 

Direcionado para advogados e gestores de escritórios jurídicos, o evento abordará temas ligados ao cenário, à profissão, ao negócio e à influência da administração na gestão de escritórios jurídicos. 

A programação do Fórum foi especialmente planejada para propiciar aos participantes um momento único de entendimento e preparação para a disruptura que já se apresenta no mundo do Direito.
23.05
14:21

Sisu abre consulta para estudantes e inscrições começam dia 4 de junho

A página do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) abriu vagas em instituições públicas de ensino superior para o segundo semestre de 2019. A busca pode ser feita por curso, instituição de ensino e município(http://sisu.mec.gov.br).


Podem participar do Sisu os estudantes que fizeram prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2018 e obtiveram nota na redação acima de zero.

As inscrições do Sisu poderão ser feitas de 4 a 7 de junho. 

O resultado será divulgado no dia 10 de junho. Os participantes poderão ainda integrar a lista de espera entre 11 e 17 de junho. 
23.05
14:10

Arrecadação cresce 1,28% em abril

Brasília - A arrecadação das receitas federais somou R$ 139,030 bilhões, em abril de 2019, informou hoje (23) a Secretaria da Receita Federal do Ministério da Economia (SRF). Houve aumento real (descontada a inflação) de 1,28%, na comparação com o mesmo mês de 2018. 

Esse foi o maior resultado para o mês desde 2014.

Em abril, as receitas administradas por outros órgãos (principalmente royalties do petróleo) foram as responsáveis pelo crescimento da arrecadação, ao totalizarem R$ 11,030 bilhões, com crescimento de 24,82%.

As receitas administradas pela SRF (como impostos e contribuições) chegaram a R$ 127,99 bilhões, com queda real de 0,34%.De janeiro a abril, a arrecadação somou R$ 524,371 bilhões, com crescimento real de 1,14%. Esse também foi o maior resultado para o período desde 2014. 

As receitas administradas pela Receita chegaram a R$ 499,165 bilhões, com aumento real de 0,3%. As receitas administradas por outros órgãos chegaram a R$ 25,205 bilhões, com crescimento de 21,12%. (Agência Brasil)
23.05
06:40

Vereador Emílio Ferreira é indicado para integrar o Conselho de Ética da Câmara

O vereador Emílio Ferreira (PSD) foi indicado para compor o Conselho de Ética da Câmara Municipal de Mossoró. Foi dele, em 2018, o pedido dirigido ao plenário da Casa para a reinstalação do colegiado.

_É uma honra poder fazer parte de tão importante conselho e espero contribuir para que ele possa cumprir sua função_, comentou Emílio, que teve seu nome indicado pelo líder do bloco governista, vereador Alex Moacir (MDB).

Emílio entende que o papel do Conselho de Ética não é a de promover “caça às bruxas” no parlamento. "O objetivo é evitar excessos e manter disciplina", diz.

O Conselho de Ética será composto pelos vereadores Emílio Ferreira (PSD), Alex Moacir (MDB), Manoel Bezerra (PRTB), Raério Araujo (PRB) e Ozaniel Mesquita (PR).
23.05
06:27

Por 228 votos a 210, Câmara tira Coaf de Sérgio Moro e devolve para a Economia

Brasília - Na calada da noite, o plenário da Câmara Federal votou pela manutenção da emenda que devolve o Coaf para o Ministério da Economia. 

A decisão é vista como uma derrota do ministro da Justiça, Sérgio Moro. A medida foi aprovada por 228 votos a 210.

A Câmara aprovou o texto principal da Medida Provisória da reforma administrativa e vota nesta quinta-feira (23) os destaques ao projeto.
23.05
06:19

STF desbloqueia R$ 31 milhões do RN retidos pela União para área da saúde

Mais R$ 31 milhões nos cofres do Governo do Estado do RN. Em decisão do ministro Edson Fachin, na última segunda-feira, 20, o Supremo Tribunal Federal determinou a transferência de R$ 31 milhões da União para o governo potiguar.

O dinheiro havia sido bloqueado em abril para aplicação na área da saúde, isso porque o RN teve menos dinheiro para o setor do que preconiza a Constituição.

O STF justificou que, a pesar da destinação do dinheiro, o bloqueiro não respeitou o direito de defesa do Estado e poderia comprometer suas finanças.

O governo que, o dinheiro liberado, será destinado à complementação do pagamento do duodécimo de maio dos Poderes Legislativo e Judiciário.
22.05
19:41

Governo usa reserva orçamentária e libera recursos para área de Educação

Brasília - A equipe econômica anunciou nesta quarta-feira (22) a liberação de R$ 1,588 bilhão para que o Ministério da Educação possa quitar despesas discricionárias – como água, luz e manutenção, entre outras. Também foram liberados R$ 56,6 milhões para o Ministério do Meio Ambiente.

Ao divulgar o Relatório Bimestral de Avaliação de Receitas e Despesas com dados de março e abril, o Ministério da Economia manteve inalterado o contingenciamento das despesas discricionárias do Executivo, mas optou por reduzir a reserva orçamentária criada após o primeiro bimestre.

Quando bloqueou R$ 34,955 bilhões do Orçamento de 2019, o governo abriu a possibilidade de o secretário da Fazenda, Waldery Rodrigues, liberar até R$ 5,373 bilhões para os ministérios em caso de necessidade. Os recursos para Educação e Meio Ambiente sairão dessa conta.

A equipe econômica também usará dessa “poupança” outros R$ 2,181 bilhões, que são os recursos necessários no segundo bimestre para cumprir a meta fiscal prevista para este ano – um déficit primário de R$ 139 bilhões. Assim, o governo reduzirá a reserva para R$ 1,562 bilhão.

Com o bloqueio das despesas discricionárias anunciado em março, o Ministério da Educação determinou o contingenciamento de cerca de 30% dos recursos inicialmente previstos para as universidades e institutos federais. (Do Portal Câmara Federal).
22.05
15:43

PL propõe suspensão de recolhimento da mensalidade sindical pela Prefeitura

Prefeitura de Mossoró enviou Projeto de Lei à Câmara sobre tema

A Prefeitura de Mossoró enviou à Câmara Municipal o Projeto de Lei Complementar do Executivo 12/2019, que suspende o recolhimento em folha e repasse da mensalidade sindical do servidor aos sindicatos do funcionalismo municipal. 

Caso a proposta vire lei, o Município deixa de fazer essa consignação, e o servidor sindicalizado terá que pagar diretamente ao sindicato, e não mais através de desconto automático no salário.

A oposição reage ao PL e promete fazer "barulho" contra sua aprovação. O Sindicato dos Servidores Públicos (SINDISERPUM) também entra na "briga" contra a aprovação do Projeto de Lei.
22.05
15:24

Câmara de Mossoró forma comissões de Ética e revisão do seu Regimento

Com a composição, colegiados funcionarão efetivamente

 Na sessão desta quarta-feira (22), as bancadas de situação e oposição indicaram vereadores para a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar e Comissão Especial de Revisão do Regimento Interno. Com a composição dos membros, as comissões passarão a funcionar efetivamente.

A Comissão de Ética e Decoro Parlamentar possui atribuições de zelar pela observância dos preceitos da ética, preservação da dignidade do mandato, instauração de processo ético-disciplinar, dentre outros.

Pelo governismo, foram indicados os vereadores Manoel Bezerra (PRTB), Emílio Ferreira (PSD) e Alex Moacir (MDB). E pelos oposicionistas, os vereadores Ozaniel Mesquita (PR) e Alex do Frango (PMB). A indicação obedece à proporcionalidade as bancadas – a governista é majoritária.

Já a Comissão Especial de Revisão do Regimento Interno apresentará proposta de modernização do conjunto de normas, que rege o processo legislativo, como regras para tramitação de matérias, pronunciamento de vereadores, formato das sessões, entre outras.

A bancada governista indicou os vereadores Aline Couto (sem partido), Professo Francisco Carlos (PP), Sandra Rosado (PSDB), Manoel Bezerra (PRTB) e Alex Moacir (MDB), e bancada de oposição, os vereadores Genilson Alves (PMN) e Raério (PRB).
22.05
07:36

Juiz Seráphico acata denúncia contra Robinson por crime de improbidade

Decisão é da 6ª Vara da Fazenda Pública de Natal

Natal - O ex-governador Robinson Faria no "banco dos réus". O juiz da 6ª Vara da Fazenda Pública, Francisco Seráphico da Nóbrega, acatou ação civil pública, do Ministério Público, contra o político, acusado pelo MP de improbidade administrativa.

A denúncia envolve suposta inserção fraudulenta de pessoas na folha da Assembleia Legislativa. A acusação contra Robinson Faria é um desdobramento da operação "Dama de Espadas", de 2015.

A operação apurou o desvio de R$ 5,16 milhões dos cofres da Assembleia, entre 2005 e 2015, período em que o ex-governador potiguar era o presidente do Parlamento do Estado.

Em tempo: A defesa do ex-governador contesta a denúncia do Ministério Público, consideração a ação "fantasiosa" e promete recorrer no processo.

22.05
07:02

Decreto de armas sob mira do STF e governo já admite mudar texto original

Brasília (Agência Brasil) - O governo federal está revisando o Decreto nº 9.785/2019, que mudou as regras sobre aquisição, cadastro, registro, posse, porte e comercialização de armas de fogo. A norma foi publicada no último dia 8 de maio. O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, informou, em Brasília, que um dos pontos que poderá ser alterado é a permissão para que civis com porte de armas possam adquirir fuzis.

Antes do decreto, as armas autorizadas para civis deveriam ter até 407 joules de potência, como revólvers de calibre 32 e 38 e pistolas de calibre 380. Com o decreto, essa potência foi ampliada para 1.620 joules, o que passou a incluir armas como pistolas calibre ponto 40, pistola nove milímetros, pistola calibre 45, carabinas semiautomáticas e fuzil semiautomático, como o modelo T4, fabricado pela Taurus.

STF - A Advocacia-Geral da União (AGU) vai pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) a prorrogação do prazo para a Presidência da República se manifestar em relação à Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) nº 581, apresentada pelo partido Rede Sustentabilidade contra o decreto de armas.
22.05
06:54

Tribunal mantém corte de vantagens para servidores da Assembleia do RN

Natal - O Pleno do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte manteve a determinação da Presidência da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN) que suspendeu o pagamento de vantagens remuneratórias aos servidores daquele Poder, sem o devido procedimento administrativo. 

Essas vantagens são conhecidas como "Quintos". A suspensão foi definida pelo "Ato da Mesa nº 1997/2018".

A decisão do TJRN negou pedido feito por servidores da casa em mandado de segurança. Os servidores, no teor do MS, alegaram que o direito subtraído compõe o seu patrimônio jurídico há décadas e possui natureza alimentar e que ocorreu violação ao contraditório, à ampla defesa e ao devido processo legal.
21.05
21:32

Caixa vai dar desconto de até 90% para três milhões de clientes endividados

Brasília (Agência Brasil) - Cerca de 3 milhões de clientes em atraso com a Caixa Econômica Federal poderão renegociar as dívidas com desconto de até 90% no valor total, anunciou o presidente do banco, Pedro Guimarães. Segundo ele, o programa ajudará a estimular a economia.

“Com os descontos, a maioria das dívidas chegará a R$ 2 mil. Essa pessoa que está pagando 10% de juros ao mês poderá pagar juros de 2%”, disse Guimarães, ao chegar para reunião no Ministério da Economia.

Ele não deu data para o lançamento do programa. Apenas disse que a renegociação se concentrará em clientes com renda de até cinco salários mínimos. O presidente da Caixa destacou que o programa deverá recuperar pelo menos R$ 1 bilhão de um estoque total de débitos, estimado em R$ 4 bilhões.

Para Guimarães, além de recuperar parte dos débitos, o programa tem a vantagem de diminuir o prejuízo da Caixa e permitir a retomada do crédito. “São 300 mil pequenas empresas e 2,6 milhões de pessoas [físicas] que poderão renegociar as dívidas. Todos estão negativados. Esses recursos já estão lançados como prejuízo, fora do balanço. Essas pessoas estão à margem, e poderemos voltar a oferecer crédito, como o consignado”, explicou.

Na semana passada, o ministro da Economia, Paulo Guedes, declarou que a Caixa não deveria dar lucro como iniciativa privada. Segundo o ministro, o banco deveria repassar os ganhos para outros objetivos, como reduzir juros.
21.05
19:36

Convênio entre Prefeitura de Mossoró e UnP beneficia 6 mil servidores públicos

Com a assinatura do termo de cooperação entre o Município de Mossoró e a Universidade Potiguar – UnP, realizada na última terça-feira (16), a Prefeita Rosalba Ciarlini oficializou o benefício de desconto exclusivo em cursos da instituição para cerca de 6 mil servidores públicos municipais. Os descontos são válidos para novas matrículas em cursos presenciais, semi-presenciais, técnicos, MBA, pós-graduação lato sensu e EAD da instituição. Além disso, o benefício e extensivo aos dependentes de primeiro grau dos servidores (cônjuges, filhos e enteados).

Para solicitar a adesão ao convênio, os servidores interessados devem requerer junto à Diretoria Comercial da UnP a assinatura do Termo de Solicitação de Adesão ao Termo de Cooperação Mútua. Além disso, é necessário apresentar documentos que comprovem o vínculo funcional com o município: carta em papel timbrado do Município, com assinatura e carimbo; ou contracheque do mês antecedente à data de solicitação; ou ainda cópia da carteira de trabalho (com os dados de registros na empresa atual).

No caso dos dependentes de servidores, além da assinatura do termo e da comprovação do vínculo funcional com o Município de Mossoró, será necessário anexar os seguintes documentos: para filhos de servidores é necessário anexar RG ou Carteira Nacional de Habilitação; para enteados, além do RG e CNH é preciso apresentar a escritura pública de união estável; para cônjuges apresentar a Certidão de Casamento ou escritura de união pública de união estável.

Durante a solenidade de assinatura do convênio, a Prefeita Rosalba Ciarlini destacou que essa é mais uma iniciativa de valorização do servidor municipal e não implicará em custos para o Município. “Esse convênio para que funcionários do município, e seus descendentes de primeiro grau, façam algum curso na UNP com desconto não tem nenhum custo para o município. É um incentivo que a Prefeitura e a Universidade estão ofertando aos funcionários para que eles possam se qualificar “, frisou a prefeita.
21.05
15:16

Fátima Bezerra e mais 13 governadores divulgam carta contra decreto de armas

Governadora, do RN, integra a lista de opositores à norma

Rio - Governadores de 13 estados e do Distrito Federal divulgaram nesta terça-feira (21) uma carta aberta contra o decreto de armas, editado pelo presidente Jair Bolsonaro, no começo do mês.  Na avaliação do grupo, o decreto que amplia o direito do cidadão à arma vai aumentar a violência no país.
"Achamos que isso não vai ajudar, pelo contrário. O que aguardamos é sermos chamados pelo governo federal para debatermos a política de segurança pública do país", afirmou ao blog o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), um dos signatários do documento.

Na carta (veja abaixo), as autoridades de 13 estados e mais o Distrito Federal afirmam que "as medidas previstas pelo decreto não contribuirão para tornar nossos estados mais seguros. Ao contrário, tais medidas terão um impacto negativo na violência – aumentando por exemplo, a quantidade de armas e munições que poderão abastecer criminosos – e aumentarão os riscos de que discussões e brigas entre nossos cidadãos acabem em tragédias".

Camila Santana disse que não há previsão de entrega direta ao presidente Bolsonaro, com quem os governadores do Nordeste estarão reunidos na sexta-feira, na primeira viagem do presidente à região.

Além de Santana, assinam a carta Ibaneis Rocha (DF), Rui Costa (BA), Flavio Dino (MA), Renato Casagrande (ES), Helder Barbalho (PA), entre outros.
Nesta segunda-feira (21), o Jornal Nacional revelou que o decreto de Bolsonaro que regulamenta o uso e porte de armas no país libera compra de fuzil por qualquer cidadão.

O documento permite que as pessoas consigam comprar arma produzida pela Taurus. O Fuzil T4 foi criado em 2017 e se enquadra em novas especificações.
O decreto das armas está em vigor desde o início de maio. Ainda não há um cronograma para regulamentação, mas, desde que foi anunciado, o decreto dividiu opiniões.

O Ministério Público Federal, em Brasília, pediu a suspensão do decreto. Atualmente, existem três ações contra o decreto na Justiça Federal e três no Supremo Tribunal Federal (STF).

Veja a íntegra da carta dos governadores:

"Como governadores de diferentes estados do país, manifestamos nossa preocupação com a flexibilização da atual legislação de controle de armas e munições em razão do decreto presidencial n. 9.785 (07 de maio de 2019) e solicitamos aos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário da União que atuem tanto para sua imediata revogação como para o avanço de uma efetiva política responsável de armas e munição no país.

Sabemos que a violência e a insegurança afetam grande parte da população de nossos estados e que representam um dos maiores obstáculos ao desenvolvimento humano e econômico do Brasil. Nesse contexto, a grande disponibilidade de armas de fogo e munições que são usadas de maneira ilícita representa um enorme desafio para a segurança pública do país e é preciso enfrentá-lo.

Por essa razão, é urgente a implementação de ações que melhorem a rastreabilidade das armas de fogo e munições durante toda a sua existência, desde sua produção. Também é fundamental aumentar os meios de controle e fiscalização para coibir os desvios, enfrentar o tráfico ilícito e evitar que as armas que nascem na legalidade caiam na ilegalidade e sejam utilizadas no crime. Reconhecemos que essas não são soluções mágicas, mas são condições necessárias para a melhoria de nossa segurança pública.

Diante deste cenário, e a partir das evidências disponíveis, julgamos que as medidas previstas pelo decreto não contribuirão para tornar nossos estados mais seguros. Ao contrário, tais medidas terão um impacto negativo na violência – aumentando por exemplo, a quantidade de armas e munições que poderão abastecer criminosos – e aumentarão os riscos de que discussões e brigas entre nossos cidadãos acabem em tragédias.

As soluções para reverter o cenário de violência e insegurança no país serão fortalecidas com a coordenação de esforços da União, Estados e Municípios para fortalecer políticas públicas baseadas em evidências e para implementar o Plano Nacional de Segurança Pública e Defesa Social, fortalecendo a prevenção focalizada nas populações e territórios mais afetados pela violência e a repressão qualificada da criminalidade.

Reforçamos nosso compromisso com o diálogo e com a melhoria da segurança pública do país. Juntos, podemos construir um Brasil seguro para as atuais e futuras gerações".

IBANEIS ROCHA
Governador do Distrito Federal
FLÁVIO DINO
Governador do Estado do Maranhão
WELLINGTON DIAS
Governador do Estado do Piauí
PAULO CÂMARA
Governador do Estado de Pernambuco
CAMILO SANTANA
Governador do Estado do Ceará
JOÃO AZEVEDO
Governador do Estado da Paraíba
RENATO CASAGRANDE
Governador do Estado do Espírito Santo
RUI COSTA
Governador do Estado da Bahia
FÁTIMA BEZERRA
Governadora do Estado do Rio Grande do Norte
RENAN FILHO
Governador do Estado de Alagoas
BELIVALDO CHAGAS
Governador do Estado de Sergipe
WALDEZ GÓES
Governador do Estado do Amapá
MAURO CARLESSE
Governador do Estado do Tocantins
HELDER BARBALHO
Governador do Estado do Pará
21.05
11:13

Prefeitura assume controle sobre montagem de camarotes do MCJ

A Prefeitura de Mossoró assumiu a responsabilidade de montar todos os camarotes do Mossoró Cidade Junina este ano como garantia de segurança. Até os locais privados serão instalados e fiscalizados por ordem da prefeita Rosalba Ciarlini(PP).

Na festa do ano passado, a estrutura de um camarote particular(cujos responsáveis fizeram a instalação) cedeu e causou tumulto mesmo sem nenhuma vítima.

A Secretária de Infra-Estrutura de Mossoró, Kátia Pinto, disse que as equipes de montagem e fiscalização trabalham para assegurar a segurança rigorosa dentro das normas exigidas pelo Corpo de Bombeiros.

Segundo a secretária, a decisão da prefeita Rosalba foi taxativa. “Foi uma determinação expressa e firme da prefeita que, como sempre, demonstra espírito público e cuidado com os mossoroenses. Quem tem camarote própria se ajustará às normas da prefeitura, pois o Mossoró Cidade Junina é uma festa de alegria, animação, integração, mas requer toda a segurança possível”, completou a secretária.

A decisão da prefeita foi tomada com o objetivo de evitar a mínima falha, mesmo que em todas as edições do evento jamais tenha ocorrido qualquer episódio de maior gravidade.
21.05
11:06

Inscrições para Exame de Suficiência em Ciências Contábeis até esta quarta-feira

As inscrições para a primeira edição do Exame de Suficiência 2019, voltado para os bacharéis em Ciências Contábeis, seguem até às 16h desta quarta-feira (22). Para conferir o edital e se inscrever, acesse o site do Conselho Federal de Contabilidade: www.cfc.org.br.
 
De acordo com o Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Norte (CRCRN), a aprovação no Exame de Suficiência é requisito fundamental para obtenção do Registro Profissional.
 
A prova da primeira edição do Exame de Suficiência 2019 contará apenas com questões objetivas e será aplicada pela Consulplan – empresa vencedora do processo de licitação – no dia 7 de julho, das 9h30 às 13h30, horário oficial de Brasília (DF).
20.05
15:07

Aluna da Ufersa, mossoroense ganha 1º lugar em Feira de Ciências nos EUA

  • Por Jornal Defato.com
A estudante Ekarinny Myrela Brito de Medeiros conquistou na última sexta-feira, 17, o 1º lugar da Patent and Trademark Office Society e o 4º lugar na categoria Translational Medical Science (TMED) durante a Intel ISEF, Feira Internacional de Ciências e Engenharia. Ela é aluna da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) e egressa da escola estadual Hermógenes Nogueira Costa, em Mossoró. A feira e premiação aconteceram na cidade de Phoenix, no Arizona (EUA).

A única representante do RN na feira defendeu o projeto “Desenvolvimento de cateter bioativo proveniente do aproveitamento do líquido da castanha do caju (Anacardium Occidentale) como alternativa na prevenção de infecção sistêmica”. O trabalho começou a ser concebido após uma experiência familiar da estudante. 

Ekarinny perdeu uma tia, vítima de infecção na corrente sanguínea, ocasionada por um cateter. Diante desse acontecimento, a aluna iniciou estudos e descobriu que não havia cateter que possuísse propriedades bioativas, que inibe bactérias.

Além das premiações oficiais, Ekarinny foi convidada para publicar o seu projeto no International Journal of High School Research.

© 2009 Gutemberg Moura - A notícia com credibilidade. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Micael Melo